Cidadeverde.com
Esporte

Eduardo faz trabalho tático e começa a esboçar Fluminense-PI de 2023

Imprimir

A equipe do Fluminense está em sua terceira semana de treinamentos. O time comandado pelo técnico Eduardo Ribeiro realizou atividade no campo do Tatazão, na zona Sul, de Teresina e aos poucos o desenho técnico e tático do como o time irá se apresentar em 2023 começa a aparecer. O Vaqueiro é atual campeão Piauiense e terá calendário completo com – Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Série D do Brasileiro além do Estadual. A estreia será dia 11 de janeiro quando visita às 15h45min o Comercial, de Campo Maior. 

“A responsabilidade só aumenta, vem redobrada baseado em tudo que conseguimos esse ano. 2023 promete com calendário cheio. A equipe está sendo bem formada e trabalhando muito bem. O clube me recebeu super bem, trabalhar, desempenhar o bom futebol e o calendário também, pois quer queira ou não é vitrine. Desperta o interesse de qualquer atleta”, conta o volante Pio. 

No trabalho realizado na tarde de hoje, o técnico Eduardo observava seus comandandos e os atletas foram divididos em dois grupos em que cada time treinava sem o rival, somente os 11 em campo, e ao longo da atividade Eduardo junto ao auxíliar técnico Tarso Campelo fizeram paralizações e correções de posiocionamento, pedidos aos atletas. Os dois grupos se trocavam ao longo do trabalho em que a prioridade era construção de jogada até a finalização. 

O Fluminense-PI quer ter à beira do gramado um dos seus trunfos. O técnico Eduardo, que vive transição de carreira e que ajudou o clube a conquistar o título Estadual em 2022, assim como o volante Pio, e agora os dois narram com empolgação essa troca de função, mas também de experiencias. 

“O Eduardo é um cara diferenciado. Jogamos juntos no Fortaleza em 2016 e agora aqui (no Fluminense) e agora como comandante. Tem que receber e acatar as ordens dele, ele não é aquele cara turrão que vai chegar, gritar. Ele sempre gosta do diálogo, de conversar, e é muito bacana esse diálogo, pois ele está tendo uma transferência do campo para o banco e creio que tem tudo para dar certo, pois é um cara inteligente”, frisou Pio. 

O elenco atuou do Fluminense tem cerca de 30 jogadores e montagem passa por renovações, contratações e nomes das categorias de base que foram promovidos ao elenco profissional. Aproveitar os atletas prata da casa será uma das missões do técnico Eduardo. 

“É importante ter a base junto. Principalmente quando a base tem qualidade e eu vejo qualidade neles. Nos que estão aqui e também inclusive em alguns que não puderam ficar, pois fica complicado trabalhar com muito atleta, ter que dar atenção para todos e fazer com que eles se sintam importantes. Mais, assim, esse trabalho que está sendo feito no Fluminense é importante sim”, disse Eduardo. 

O Fluminense estreia no Campeonato Piauiense dia 11 de janeiro quando enfrenta o Comercial, às 15h45min, no estádio Deusdeth de Melo, em Campo Maior. O clube defende o título de campeão da competição. 

 


Pâmella Maranhão
[email protected]

 

Imprimir