Cidadeverde.com
Entretenimento

Gkay nega briga com Tatá Werneck e promete entrar na Justiça contra 'fake news'

Imprimir

Foto: Leo Franco / AgNews

Na tarde desta quarta-feira (14), Gkay negou que tenha jogado um sapato em Tatá Werneck durante as gravações do Lady Night. Em seu Twitter, a humorista contou que pretende abrir um processo contra quem espalhou a notícia sobre uma suposta briga com a apresentadora. Ela ainda alegou que tem sido vítima de várias fakes news nos últimos tempos.

"O nível de fake news sobre mim está babado! Não dá mais para não acionar a Justiça", começou a influenciadora digital. "Falar que eu joguei um sapato na cara da Tatá [Werneck] foi o cúmulo. Juro!!!! Não dá mais!", reclamou Gkay.

Gkay disse que se sente perseguida por algumas pessoas: "E é absolutamente tudo que eu faço. Tudo. Se eu solto um peido, eles aparecem logo com uma dessa! Por favor, tenham respeito!!! Eu só quero respeito e menos perseguição porque isso já tá ultrapassando o limite da maldade.!", pontuou.

Tatá Werneck também se pronunciou sobre o episódio de uma suposta sapatada nos bastidores. "Amores, está saindo uma matéria que Gkay jogou um sapato na minha cara. Obviamente, ela não jogou sapato na minha cara. Só queria confirmar que isso não aconteceu.", comentou a apresentadora que não falou sobre o clima pesado entre as duas no programa.

A entrevista de Gkay no Lady Night foi ao ar no final de novembro e foi rotulada como "constrangedora" pelos internautas. Eles acusaram a influenciadora de querer ser engraçada a todo custo. A própria Tatá, em clima de brincadeira com fundo de verdade, deu algumas indiretas durante o bate-papo. "Não tem nem água e finge que está bebendo. Vou pedir para você encontrar um médico. A medicação é tão importante. Você sabe que estava gravando, né?", disse a apresentadora enquanto Gkay cuspia água no chão.

 

Fonte: Folhapress

Imprimir