Cidadeverde.com
Cidades

Acusado de série de homicídios e mais oito são presos em operação em Teresina

Imprimir

Foto: divulgação Decap

Em seis meses, a Delegacia de Capturas, grupo especializado da Polícia Civil do Piauí, prendeu quase 200 foragidos da Justiça, a maioria com condenações por crimes violentos. Em Teresina,  nesta semana, foram cumpridos nove mandados de prisão, sendo sete por roubo. Entre eles, um acusado de uma série de assassinatos que foi flagrado com uma pistola roubada de um policial penal no Rio Grande do Norte. 

"O roubo é um mal que assola as principais capitais do Brasil. Esta semana foram retirados nove indivíduos com condenação definitiva e que se encontravam foragidos da Justiça, vários deles eram procurados há mais de ano", disse o delegado Eduardo Aquino, coordenador da Delegacia de Capturas (Decap). 

O delegado ressalta que durante o cumprimento das ordens judicias são realizadas também buscas e que, algumas vezes, resultam em flagrantes. 

"É mais uma operação da Decap que visa dar cumprimento a mandados de prisão por crimes violentos e afins como posse ilegal de arma de fogo. Durante essas operações, a gente acaba também cumprindo buscas visando a retirada de instrumentos para a prática desses crimes, principalmente, arma de fogo", destaca Aquino. 

Foto: divulgação Decap

No caso do acusado da série de assassinatos, ele estava em posse de uma pistola roubada de um policial penal. 

"Ele responde a cinco homicídios, é integrante de uma facção criminosa e portava uma pistola de um policial penal do Rio Grande do Norte. Infelizmente, a gente percebe hoje o aumento do fluxo dessas armas no mercado paralelo, armas que são roubadas de profissionais da Segurana Pública. Nesse caso, a arma de um agente de segurança de outro estado veio parar nas mãos de um indivíduo que é recalcitrante, com mais de cinco homicídios, além de assaltos. Um indivíduo perigoso, mas que, mais uma vez, foi retirado de circulação. A arma apreendida será devolvida ao legítimo proprietário", completa o delegado. 

Eduardo Aquino contabiliza 190 prisões realizadas pela Decap de junho, quando assumiu o comando, até o momento. Ele pontua o alcance de operações de captura.  

"São 190 indivíduos retirados de circulação e que agora vão cumprir suas penas e pagar o que devem ao Judiciário. Nosso trabalho é intensificar o combate à criminalidade violenta, assegurando a efetiva aplicação da lei penal com a retirada de circulação de indivíduos recalcitrantes neste tipo de prática delituosa tão nociva à sociedade", finaliza Eduardo Aquino. 

O presos foram levados à Central de Flagrantes de Teresina onde ficaram à disposição do Judiciário. 


Graciane Araújo
[email protected]

Imprimir