Cidadeverde.com
Últimas

Acusado de realizar série de assaltos em Teresina é condenado a 23 anos de prisão

Imprimir

Foto: Arquivo/Cidadeverde.com

A juíza da 4ª Vara Criminal de Teresina, Júnia Maria Feitosa Bezerra Fialho, em decisão do dia 16 de dezembro, condenou Gabriel de Sousa Pereira a 23 anos por roubo majorado, prisão em flagrante e corrupção de menor em Teresina.

Segundo a denúncia apresentada pelo Ministério Público em julho de 2022, o acusado estava na companhia de uma adolescente e teria realizado três roubos consecutivos na zona Sul de Teresina.

Uma das vítimas encontrava-se próxima a sua residência, no bairro Três Andares, quando foi surpreendida por uma dupla em uma motocicleta, formada pelo acusado e um adolescente. Portando uma arma de fogo e sob ameaças vindas do adolescente, a vítima entregou o aparelho celular e a sua carteira aos infratores.

O segundo crime ocorreu quando uma vítima foi abordada no bairro Macaúba, onde eles roubaram o celular. Depois, no bairro Tabuleta, eles entraram um estabelecimento de lavagem de veículos e subtraíram os pertences de duas vítimas. Após o crime, uma das vítimas passou a perseguir a dupla com um carro e, durante a perseguição, ambos os veículos se acidentaram, chamando a atenção da população e da Polícia Militar.

Na ocasião, o adolescente foi detido pela população, e o acusado sofreu uma fratura exposta nas pernas, sendo encaminhado ao Hospital de Urgência de Teresina.

A juíza então decidiu condenar Gabriel de Sousa Pereira a 23 anos e 4 meses de reclusão. “Devo registrar que, sendo ciente se tratar de coisas alheias móveis, o réu agiu dolosamente, com o fim especial de subtrair aludidos bens, elementos imprescindíveis para configuração do fato típico em comento, haja vista somente ser admitida sua modalidade dolosa”, afirmou a juíza na decisão.

Gabriel deverá cumprir a pena na Penitenciária Irmão Guido, e a juíza negou o direito dele recorrer em liberdade.

Bárbara Rodrigues (Com informações do TJ)
[email protected]

Imprimir