Cidadeverde.com
Últimas

Sesapi registra dois casos suspeitos de doença do carrapato em Teresina

Imprimir

Foto: Arquivo/Cidadeverde.com

O Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS), da Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi),  informou nesta terça-feira (20) que foi notificado pelo Instituto de Doenças Tropicais Natan Portela, sobre dois pacientes que estariam com suspeita de febre maculosa, também conhecida doença do carrapato. Os pacientes são da cidade de Teresina e estão sendo aguardados resultados de exames para confirmar se são casos de doença do carrapato.

Segundo o hospital, um dos pacientes é um homem com histórico de ter sido picado por dois carrapatos em mata ciliar, há mais de um mês, nas duas pernas, com inflamação séria no membro direito e ferimento não cicatrizado no membro inferior esquerdo. O homem relatou ainda ter histórico de contato com capivaras. 

“Este paciente estava com quadro sintomático de febre, linfadenopatia e exantema, mas não aceitou ficar internado. O hospital colheu material para realização de hemograma, uréia, creatinina, glicemia, sorologia para febre maculosa. As amostrar serão enviadas para a FioCruz no Rio de Janeiro, para confirmação ou não da doença”, explicou a coordenadora do CIEVS, Amélia Costa. 

O outro caso que deu entrada no Instituto de Doenças Tropicais Natan Portela, é de uma paciente do sexo feminino, que teve início dos sintomas no dia oito de dezembro com quadro de febre, vômito, náusea, linfadenopatia, cefaleia e exantema. Ela afirmou ter tido contato com carrapato que ficou aderido na pele há 10 dias. A mulher buscou atendimento, mas já recebeu alta médica.

“O CIEVS já entrou em contato com a vigilância epidemiológica do município de Teresina e as investigações sobre os casos encontram-se em andamento. Esta paciente ficou internada, mas já teve alta médica”, disse a coordenadora. 

A febre maculosa é uma doença possivelmente fatal que costuma ser causada pela picada de um carrapato infectado com bactérias da família Rickettsia. Os sintomas incluem febre, dor de cabeça e dores musculares. Pode haver erupções, geralmente com pele escura ou crosta no local da picada de carrapato. A febre maculosa responde bem ao tratamento imediato com antibióticos. 

Nos últimos dez anos o Piauí notificou, no Sistema Nacional de Atendimento Médico (Sinan), cinco casos suspeitos de febre maculosa, nas cidades de Floriano (01), Jaicós(01) e Teresina (03).

“É muito importante que as vigilâncias epidemiológicas dos municípios notifiquem o CIEVS estadual sobre os pacientes suspeitos da doença, para podermos ter o controle dos casos no Piauí”, lembrou Amélia Costa.

 

Da Redação
[email protected]

Imprimir