Cidadeverde.com
Esporte

Fabián O'Neil, ex-jogador da seleção uruguaia e da Juventus, morre aos 49 anos

Imprimir

Volante com passagens pela seleção uruguaia e pela Juventus, Fabián O'Neil morreu neste domingo, aos 59 anos. De acordo com a imprensa do Uruguai, o ex-jogador faleceu por conta de uma cirrose crônica. Ele já estava em estado de coma, em situação delicada, nos últimos dias.

"Lamentamos informar o falecimento de Fabián O'Neill. Ele surgiu no nosso clube e foi campeão uruguaio com a nossa camisa. Hoje, todo o Nacional está de luto. Para a sua família e para os seus amigos, nossas mais sinceras condolências. Até logo, Mago!", registrou o Nacional, em suas redes sociais.

A Associação Uruguaia de Futebol também lamentou a perda. O'Neill defendeu a seleção do seu país entre 1993 e 2002, quando esteve na Copa do Mundo do Japão e da Coreia do Sul, vencida pelo Brasil.

Em sua carreira por clubes, jogou quase sempre no futebol italiano. Após ser revelado na base do Nacional e ter se destacado pelo time principal no Uruguai, ele se transferiu para o Cagliari, em 1996.

Depois defendeu a tradicional Juventus, o Perugia e voltou a jogar pelo Cagliari e, depois, pelo Nacional, onde encerrou sua carreira, em 2003.

Há dois anos, o ex-volante deu entrevista ao jornal italiano Gazzeta Dello Sport, na qual revelou que perdeu grande parte do que ganhou no futebol entre apostas em cavalos e mulheres.

"Cheguei a ter US$ 14 milhões, mas perdi tudo. Não me incomoda ser pobre, não me custa. Só quero ter algo para comer e que os meus filhos estejam bem. Cavalos lentos e mulheres rápidas não te deixam nada. Cheguei a ter 20 cavalos, sempre apostei, porque tinha dinheiro. Agora não posso", afirmou ao jornal italiano.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir