Cidadeverde.com
Política

PT e MDB selam acordo e Franzé assumirá presidência da Alepi em 2023

Imprimir

Foto: Renato Andrade/Cidadeverde.com 

A base do governador eleito Rafael Fonteles (PT) fechou entendimento e fará uma eleição de consenso no dia 01 de fevereiro de 2023. O deputado Franzé Silva (PT) assumirá o comando da Casa no primeiro biênio da próxima legislatura, nos anos de 2023 e 2024. Já o deputado Severo Eulálio (MDB) assumirá no segundo biênio, nos anos de 2025 2026. 

A informação foi confirmada pelo deputado João Madison (MDB), autor da proposta que permitirá a eleição dos dois biênios em um único dia, aprovada nesta terça-feira.

“Quero agradecer ao governador Rafael Fonteles, Wellington Dias e ao PT, no nome do deputado Franzé e dizer no prazer de estarmos selando, com a mudança no regimento, dando condições para fazermos as duas eleições no mesmo dia”, destacou.

O deputado Francisco Costa (PT), líder do governo na Assembleia, disse que o acordo, seguido das mudanças no regimento, garante a harmonia na base aliada. Para ele, também é uma forma de assegurar que a Casa tenha uma maior diversidade entre nomes que venham a ocupar a presidência. 

“Caminha-se para um entendimento, uma harmonia melhor entre toda a base do governo e, acima de tudo, em toda a Assembleia para que os deputados fiquem mais tranquilos em sua convivência do dia-a-dia nessa perspectiva de quem vai presidir”, disse.

Na manhã desta terça-feira, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) aprovou uma PEC que estabelece o fim da reeleição para os membros da mesa diretora da Assembleia Legislativa, incluindo a presidência. A medida foi considerada fundamental para que o acordo fosse firmado entre PT e MDB. 

Franzé e Severo destacam consenso 

O deputado Franzé Silva pontuou que o acordo evitou arestas, ou seja, desentendimento entre os parlamentares da Casa. O parlamentar disse que pretende conduzir uma legislatura, onde predomine o consenso entre os deputados. 

“Essa é a casa do entendimento, desde início temos falado que mais cedo ou mais tarde, faríamos essa questão de não ter arestas entre os deputados. Isso se concretizou. Vamos conduzir, como sempre foi conduzida, dentro de um entendimento de um diálogo e estamos aqui com todo o trabalho em harmonia. É assim que queremos conduzir tanto na minha, quando na legislatura do deputado Severo”, disse. 

Foto: Renato Andrade/Cidadeverde.com

O deputado Severo Eulálio, que ficou com o segundo biênio, também comentou sobre o acordo feito. Em poucas palavras, o deputado destacou que foi feito o necessário para a manutenção de “bom termo” entre os partidos que compõe a Alepi. 

“Depois de muita conversa, estica e puxa, chegamos a um entendimento entre PT, MDB e Progressistas […] Foi o que foi possível nós fazermos, muito diálogo, conversas foram feitas. Chegamos a um bom termo”, disse.

 

Flash Paula Sampaio
[email protected] 

Imprimir