Cidadeverde.com
Geral

Incêndio em hotel-cassino no Camboja deixa ao menos 10 mortos

Imprimir

Ao menos 10 pessoas morreram e outras de 30 ficaram feridas durante um incêndio que atingiu o hotel-cassino Grand Diamond City, na madrugada desta quinta-feira, 29, na cidade de Poipet, em Camboja, a 200 metros da fronteira com a Tailândia. De acordo com as informações iniciais da polícia, o fogo começou por volta das 23h30 de quarta-feira (16h30 no horário de Brasília) e foram necessárias nove horas até que as chamas fossem totalmente controladas. Dezenas de hóspedes e funcionários ficaram presos no local.

Vídeos que circulam nas redes sociais mostram pessoas aparentemente pulando das janelas depois de ficarem presas enquanto o fogo consumia o prédio.

Segundo o major-general Sithi Loh, chefe de polícia da província de Banteay Meanchey, o levantamento inicial mostrou que ao menos 10 pessoas morreram e outras 30 ficaram feridas - algumas gravemente. Ele ainda destacou que, até o momento, a causa do incêndio ainda é desconhecida.

O quantitativo de vítimas ainda é incerto, já que autoridades tailandesas da província vizinha de Sa Kaeo disseram que 50 vítimas foram hospitalizadas no local. Prapas Pookduang, autoridade de saúde da província tailandesa, informou que ao menos 13 pessoas estavam "em aparelhos de suporte à vida".

Centenas de equipes de emergência e 11 caminhões do Corpo de Bombeiros foram enviados ao local para ajudar no resgate das vítimas. As autoridades de Camboja solicitaram ajuda à vizinha Tailândia, que enviou cinco caminhões de bombeiros e 10 vans de resgate.

As equipes de resgate tiveram que usar helicópteros para evacuar dezenas de pessoas que subiram no telhado para tentar escapar do fogo. A polícia estima que centenas de pessoas estavam no hotel e no cassino no momento do incêndio.

O governador Parinya indicou que os hospitais da Tailândia trataram 79 tailandeses, 30 cambojanos e oito indonésios. Um voluntário do grupo de resgate tailandês Ruamkatanyu Foundation disse que as chamas começaram no primeiro andar, mas se espalharam rapidamente devido ao carpete do prédio.

Poipet, no oeste do Camboja, fica em frente à cidade de Aranyaprathet, uma das mais ricas da Tailândia. A região registra intenso comércio e turismo.

O Grand Diamond City, que conta com cerca de 400 trabalhadores, é um dos muitos hotéis com cassino situados nessa fronteira entre Camboja e Tailândia, onde o jogo é ilegal.

O incêndio ocorre depois de dois outros incidentes mortais em locais de entretenimento na Tailândia e no Vietnã. Em agosto, um incêndio atingiu uma boate tailandesa, matando 26 pessoas e ferindo muitas outras. Um mês depois, em setembro, um incêndio em um bar de karaokê no sul do Vietnã matou 32 pessoas.

Esses incidentes levantam o alerta sobre uma possível negligência na região quanto aos regulamentos de saúde e segurança, especialmente em bares, casas noturnas e locais de entretenimento.

Um grande incêndio ocorreu em 2009 em uma festa de Ano Novo no clube Santika, em Bangkok, matando 67 pessoas e ferindo mais de 200. O proprietário de Santika foi detido por três anos após o caso, que começou quando fogos de artifício foram disparados enquanto uma banda de rock tocava no palco. COM AGÊNCIAS INTERNACIONAIS

 

Fonte: Estadão Conteúdo 

Imprimir