Cidadeverde.com
Últimas

Atestado de óbito aponta causas da morte de Pelé

Imprimir

Foto: Adriano Vizoni/Folhapress

A reportagem teve acesso ao atestado de óbito que aponta as causas da morte de Pelé. Ele morreu nesta quinta-feira (29), às 15h27 (de Brasília), no Hospital Albert Einstein. Segundo o atestado de óbito registrado em um cartório de São Paulo, o Rei do Futebol morreu por quatro causas: insuficiência renal, insuficiência cardíaca, broncopneumonia e adenocarcinoma de cólon.

O atestado foi gerado no 30º Registro Civil e Tabelionato de Notas do Ibirapuera.

Pelé morreu ontem à tarde e o registro do óbito em cartório foi realizado hoje.

Vitor Krebs Mandu, dono da funerária responsável por fazer a preparação e traslado do corpo de Pelé, foi ao cartório a pedido da família para dar entrada no documento, segundo apurou a reportagem.

Os nomes de todos os filhos de Pelé, incluindo o de Sandra Regina, aparecem no atestado de óbito, no trecho em que é destacado que ele 'deixou os seguintes filhos'. Ela foi reconhecida como filha do ex-jogador apenas na década de 90.

AS CAUSAS DA MORTE

Insuficiência renal: é a condição na qual os rins perdem a capacidade de efetuar suas funções básicas
Insuficiência cardíaca: ocorre quando seu coração não está bombeando sangue suficiente para atender às necessidades do seu corpo
Broncopneumonia: inflamação que atinge os pulmões, mais especificamente, as estruturas internas do pulmão, como os brônquios e os alvéolos.

Fonte: Folhapress

Imprimir