Cidadeverde.com
Esporte

Vila Belmiro recebe últimos preparativos para velório de Pelé

Imprimir

Foto: Adriano Vizoni/Folhapress

O Santos abriu neste sábado (31) os portões da Vila Belmiro para os últimos registros da estrutura que está sendo montada para o velório de Pelé. A cerimônia será aberta ao público na segunda-feira (2), a partir das 10h (horário de Brasília).

Dezenas de jornalistas de todo o país, além de agências internacionais de notícias, puderam ver por uma hora o trabalho de profissionais no setor onde ficam as cadeiras cativas, acessado em dias de jogos do clube pelo portão 16.

O local ainda recebe preparativos para a cerimônia, mas já tem a maior parte da estrutura instalada. No período, cadeiras e tablados foram posicionados no estádio.

Nas cadeiras destinadas aos associados, no centro da arquibancada superior, foram estendidas duas faixas: "Viva o Rei" e "Pelé 82 anos", com a imagem de Pelé com a camisa 10 do clube.

No gramado é possível ver duas tendas montadas: uma menor, que será destinada a familiares e ídolos do clube, com aproximadamente 100 lugares, e outra para autoridades e convidados.

O velório seguirá de forma ininterrupta até as 10h de terça (3) quando haverá um cortejo fúnebre até a casa onde mora Celeste Arantes, mãe de Pelé, no canal 6.

Depois disso, o cortejo segue para o cemitério Memorial Necrópole Ecumênica. A expectativa de chegada é por volta de 12h (de Brasília), com a cerimônia de sepultamento às 14h.

Na tenda menor, a principal, o caixão com o corpo do Rei do Futebol ficará posicionado ao centro, entre cadeiras. Os tablados dos dois lados de fora da tenda servirão para a passagem de fãs, de um lado, e dos convidados, do outro. Eles entrarão e sairão por portões diferentes.

Com relação a presenças de autoridades, especula-se que diversos nomes sejam convidados a entrar na tenda principal, dependendo apenas de um aval da família.

Para fãs de Pelé, o acesso acontece pelos portões 2 e 3 da Vila Belmiro. Eles seguirão em fila indiana, em percurso pronto e monitorado, e depois sairão pelos portões 7 e 8. A estimativa de permanência dentro do local é de até dez minutos.

A exemplo de como foi o funeral da Rainha Elizabeth 2ª, no Reino Unido, as pessoas não poderão parar.

Toda a solenidade deve acontecer com caixão lacrado, com rígido protocolo de segurança.

No portão 10, o Salão de Mármore, ficarão membros do Conselho Deliberativo do clube, políticos e outros convidados.

No portão 20, serão posicionados os jornalistas, que precisarão passar por credenciamento prévio para a cobertura do velório.

Possíveis entrevistas e contato com figuras ilustres presentes só ocorrerão fora das dependências do estádio.

O Santos também não fala sobre o horário da chegada do corpo do maior ídolo do clube na segunda e explica só estar auxiliando na cerimônia, organizada pela família

Recentemente, ao jornal Folha de S.Paulo, a assessoria de imprensa do cemitério Memorial desmentiu informações sobre um possível caixão dourado do Rei do Futebol.

A família do ex-jogador concordou com sugestão da administração do local, e o corpo será colocado em um mausoléu, no primeiro andar da construção.

A mudança transformará o local em uma espécie de novo ponto turístico em Santos, no litoral paulista, com visitas abertas ao público alguns dias após a cerimônia.

 

Folhapress

Imprimir