Cidadeverde.com
Últimas

Papa Francisco faz homenagem para Bento XVI: "Tão nobre e gentil"

Imprimir

Foto: Reprodução/YouTube

O papa Francisco prestou uma homenagem ao papa emérito Bento XVI em uma missa neste sábado, 31. "Com emoção, nos lembramos de uma pessoa tão nobre e gentil", disse durante as orações da véspera de Ano Novo, na Basílica de São Pedro, no Vaticano.

A cerimônia foi a primeira em que o atual papa falou publicamente sobre a morte de Bento XVI, aos 95 anos, ocorrida às 9h34, no horário local. "Só Deus conhece o valor e a força de seus sacrifícios oferecidos pelo bem da Igreja", acrescentou.

"Falando de gentileza, neste momento, meus pensamentos vão espontaneamente ao queridíssimo papa emérito Bento XVI, que nos deixou nesta manhã", declarou durante a homilia. "Sentimos em nossos corações, muita gratidão, gratidão a Deus, por tê-lo doado à Igreja e ao mundo, e gratidão a ele por todo o bem que realizou e, acima de tudo, por seu testemunho de fé e oração, especialmente nos últimos anos de vida em retiro". completou.

Referindo-se à figura de Bento XVI, Francisco defendeu a bondade "como uma virtude cívica" no mundo de hoje, "um fator importante na cultura do diálogo" e "essencial para viver em paz como irmãos que nem sempre concordam, é normal, mas que se falam".

Pela manhã, os sinos da Basílica de São Pedro tocaram e centenas de pessoas compareceram à praça para recordar Joseph Ratzinger, teólogo conservador que escolheu o nome de Bento XVI após ser nomeado chefe da Igreja Católica, em 2005, posto a que renunciou em 2013.

Velório de Bento XVI começará na segunda e funeral será presidido pelo papa Francisco

O velório do papa emérito será realizado a partir desta segunda-feira, 2, na Basílica de São Pedro, no Vaticano, com visitação aberta ao público. O papa Francisco presidirá os ritos do funeral, a partir das 9h30, em horário local, da quinta-feira, 5. O sepultamento ocorrerá na cripta da basílica.

"O caixão do soberano pontífice emérito será levado para a Basílica de São Pedro e depois para as grutas do Vaticano (que abrigam os túmulos dos papas) para ser enterrado lá", disse o Vaticano em comunicado.

Bento XVI morreu às 9h34, em horário local, e, segundo o porta-voz do Vaticano, Matteo Bruni, deixou como último pedido que o funeral fosse "o mais simples possível; solene, mas sóbrio "Não é um momento para muitas palavras, mas sim de dor", acrescentou.

O porta-voz afirmou que Bento XVI recebeu a extrema unção na quarta-feira, 28, após seu estado de saúde se agravar. No momento do falecimento, estava acompanhado do seu secretário, o monsenhor George Ganswein, e das quatro leigas do instituto Memores Domini, que o acompanhavam desde a renúncia.

Como ex-chefes de Estado, o funeral do papa emérito contará com a presença de autoridades estrangeiras. A Alemanha e a Itália estão entre os primeiros países confirmados entre os que enviarão delegações oficiais à Cidade do Vaticano. Líderes mundiais, incluindo o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, prestaram condolências.

Segundo as normas estabelecidas pela Constituição Apostólica Dominici Gregis, promulgada por João Paulo II, em 1996, o papa Francisco decretará luto oficial. Até o momento, o Vaticano não divulgou se o corpo do papa emérito será embalsamado, como o de parte de seus predecessores.

O caixão com os restos mortais será transferido na segunda-feira para a Basílica de São Pedro, onde será colocado em frente ao altar da confissão e permanecerá por três dias. Por enquanto, não há confirmação se, assim como a tradição indica, o corpo será colocado em três caixões: um feito de cipreste forrado com veludo carmesim embutido em outro, de chumbo de quatro milímetros de espessura, por sua vez embutido em outro feito de madeira de olmo envernizada.

O fluxo de turistas e fiéis no Vaticano aumentou após a notícia da morte do pontífice, o que motivou a determinação para o fechamento temporário da Praça de São Pedro. Também está proibido estacionar veículos nas ruas adjacentes.

O papa emérito morreu neste sábado, 31, aos 95 anos, no mosteiro Mater Ecclesiae, do Vaticano, onde residia desde a histórica renúncia ao pontificado, em 2013. A preocupação com o estado de saúde do papa alemão aumentou na quarta-feira, 28, quando o papa Francisco afirmou que o antecessor estava "muito doente" e pediu "uma oração especial" aos fiéis.

 

Fonte: Estadão Conteúdo 

Tags: Bento 16Papa
Imprimir