Cidadeverde.com
Política

Regina se emociona e diz que foco do governo será "não deixar ninguém para trás"

Imprimir

Foto: Renato Andrade/Cidadeverde.com 

A ex-governadora Regina Sousa (PT) se emocionou na manhã deste domingo (01) ao discursar durante a cerimônia de transmissão do cargo, no Palácio de Karnak. Regina aconselhou Rafael Fonteles (PT) e pediu que o novo governador "não deixe ninguém para trás" na nova gestão, fazendo referência ao combate às desigualdades. 

“Para promover igualdade, tem que tratar o desiguais e desigualmente. Assim, você vai conseguir fazer algo que fala muito, que é não deixar ninguém pra trás”, disse. 

Regina Sousa também o relembrou da responsabilidade da função e acrescentou que, para Rafael, a “faixa governamental pesará ainda mais”. 

“Ao governador Rafael, digo que a faixa vai pesar mais porque serão 4 anos. Tem hora que pensamos que podemos fazer tudo e não podemos. Ouvi muito ‘você pode, você tem a caneta’. Pensava comigo, como explicar para as pessoas que tem orçamento, mas não tem dinheiro. Aconteceu neste fim de ano, não podia pedir mais orçamento, porque não podia pedalar”, declarou. 

Foto: Renato Andrade/Cidadeverde.com 

Regina Sousa também fez um breve balanço de ações que realizou ao longo da sua gestão de nove meses. Ela destacou a entrega de 13 mil títulos de terras, a instituição de um programa que ajuda a combater mortes por AVC e o programa “Moradia Social”, que deve ser incorporado pelo Ministério do Desenvolvimento Social, comandando pelo futuro ministro do Desenvolvimento Social, Wellington Dias (PT). 

“Muita gente me pergunta pelo legado. O legado devem ser os beneficiários a dizer. Para mim, uma grande obra não é o valor ou a visibilidade. É um impacto que causa na vida das pessoas. 13 mil pessoas receberam títulos de posse graças a lei que nasceu na vice-governadoria. Posso citar o programa da SAF que o governo comprar da agricultura familiar e passa para famílias vulneráveis”, disse. 

Regina Sousa seguiu falando sobre a importância de políticas sociais. “Estamos no mesmo barco, mas tem gente que está em um transatlântico e tem gente que está em um barquinho. Quem vai se salvar? Jesus pregou a partilha e o cuidado. O resto é invenção dos sabidos”, disse. 

Ao final do discurso, em um dos primeiros atos como governador, Rafael Fonteles entregou uma placa para Regina Sousa. A moldura reconhece a “excelência do trabalho de Regina Sousa, a primeira mulher a exercer o Executivo Piauiense”. 

 

Flash Paula Sampaio 
[email protected]

  • 24.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com e Roberta Aline/Ascom
  • 017.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com e Roberta Aline/Ascom
  • 016.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com e Roberta Aline/Ascom
  • 014.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com e Roberta Aline/Ascom
  • 013.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com e Roberta Aline/Ascom
  • 011.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com e Roberta Aline/Ascom
  • 010.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com e Roberta Aline/Ascom
  • 009.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com e Roberta Aline/Ascom
  • 008.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com e Roberta Aline/Ascom
  • 007.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com e Roberta Aline/Ascom
  • 006.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com e Roberta Aline/Ascom
  • 005.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com e Roberta Aline/Ascom
  • 004.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com e Roberta Aline/Ascom
  • 003.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com e Roberta Aline/Ascom
  • 002.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com e Roberta Aline/Ascom
  • 001.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com e Roberta Aline/Ascom
Imprimir