Cidadeverde.com
Política

É o desejo de todos os parlamentares, diz Zé Santana sobre TCE

Imprimir

Foto: Renato Andrade

O agora ex-deputado estadual, Zé Santana (MDB), não escondeu a frustação de não ter sido indicado, pela 2ª vez, para ocupar uma vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE).  Em setembro do ano passado ele pleiteou uma vaga, mas teve que desistir após consenso da base em torno do nome da então deputada Flora Izabel, eleita para a cadeira do conselheiro Luciano Nunes. Desta vez, com a aposentadoria do conselheiro Olavo Rebelo, irá compor a corte de contas a deputada federal Rejane Dias (PT).

“Eu acho que é um desejo de todos os parlamentares poderem compor a corte de contas. Eu desde a vaga anterior estive pleiteando, mas na última hora acabou sendo inviabilizado a minha eleição, quando foi naquela época a deputada Flora”, afirmou, lamentando não ter ficado com a vaga pela 2ª vez.

“Obviamente agora eu estava com a mesma pretensão, mas fazer o quê? É uma indicação do governador, não tem nem disputa”, disse.

Zé Santana renunciou ao mandato de deputado estadual nesta terça-feira (10) após seu nome ser aprovado pela Assembleia Legislativa do Piauí para presidir a Agespisa. Entre as primeiras metas à frente da estatal, melhorar o abastecimento de água de algumas cidades.

“Precisamos melhorar a questão do abastecimento de água em diversas cidades que possuem problemas crônicos, e ver o lado social que precisa ser visto pela empresa em relação a prestação de um bom serviço”, finalizou.

Da Redação
[email protected]

Imprimir