Cidadeverde.com
Economia

Juros: taxas sobem com dólar mais forte e ante piora das expectativas de inflação

Imprimir

Foto: Arquivo/Cidadeverde.com

O dólar ganha fôlego nesta manhã se segunda-feira (16) e testava o terreno positivo, trazendo pressão de alta na curva de juros em meio a uma liquidez reduzida com o feriado nos Estados Unidos e agenda esvaziada. Além disso, o investidor olha a piora das expectativas para inflação para 2023 e a disparada para 2025 no Relatório Focus do Banco Central.

A mediana das estimativas para IPCA de 2023 subiu de 5,36% para 5,39%, o para 2024 permaneceu em 3,70%, enquanto o para 2025 disparou de 3,30% para 3,50%. A projeção para Selic neste ano subiu de 12,25% para 12,50% ao ano.

Às 9h27 desta segunda, a taxa do contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2027 subia para máxima de 12,33%, de 12,19% no ajuste anterior. O DI para janeiro de 2025 ia para 12,53%, de 12,41%, e o para janeiro de 2024 subia para 12,52%, de 13,44% no ajuste de sexta-feira. O dólar á vista subia 0,11%, a R$ 5,1119.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir