Cidadeverde.com
Política

Deputados disputam 20 cargos federais no Piauí e definem critérios de indicação

Imprimir

Foto: Renato Andrade/Cidadeverde.com

Pelo menos 20 cargos federais no Piauí estão na mira dos deputados federais da base aliada e buscam um acordo sobre indicação de nomes no governo Lula.   

Na disputam estão cargos como Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), Dnocs (Departamento Nacional de Obras Contra as Secas), Codevasf (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco), Dnit 
(Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) e outros.

O portal Cidadeverde.com apurou que o Dnit será uma indicação do ministro de Desenvolvimento Social, Wellington Dias e o senador Marcelo Castro (MDB) poderá indicar a Codevasf, um dos órgãos mais disputados. Existem outros cargos que a indicação têm que ser com funcionários de carreiras. 

Um grupo de parlamentares defende uma indicação por votos e outros por bancada. A base governista é composta pelos partidos PT, PSD, PV e MDB na Câmara Federal. 

O deputado Flávio Nogueira (PT) deverá ser o novo coordenador da bancada e irá substituir Átila Lira (Progressistas). 

O deputado Florentino Neto (PT) defendeu que a indicação seja por bancada. Ele afirmou ainda que lutará para que a Funasa não seja extinta. 

“A nossa ideia é que seja distribuída por bancada”, disse Florentino. 

O deputado Jadyel Alencar (PV) também defendeu a indicação dos cargos por bancada e não por votos.  

“A eleição passou e agora no Congresso todos os parlamentares têm o mesmo direito e o mesmo peso. Essa divisão tem que ser no diálogo, vendo afinidade de cada parlamentar para que seja feita de forma democrática”, disse o parlamentar.

Jadyel afirmou ainda que defende que seu partido indique a Codevasf. 

“Tenho dito que enquanto parlamentar temos que procurar o órgão que leve o maior número de ações e com certeza a Codevasf é um órgão que contempla muito bem, proporciona que o parlamentar leve muitas ações para os municípios. Estamos com diálogo aberto e esperamos que possamos ter êxito”, disse Jadyel. 

“Eu defendo que os cargos federais sejam pactuados em diálogo democrático aonde a bancada do governo possa discutir a afinidade de cada parlamentar com cada pasta para que todos os parlamentares possam contemplar suas bases e seus municípios”.

 

Flash Yala Sena
[email protected]

Imprimir