Cidadeverde.com

Davi Alcolumbre deve presidir CCJ por mais dois anos no Senado

Imprimir

Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

O senador Davi Alcolumbre (União-AP) deve presidir novamente a CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), o colegiado mais importante do Senado. Alcolumbre se firmou como um dos principais aliados do presidente Rodrigo Pacheco (PSD-MG) e tem participado ativamente das articulações por sua reeleição.

Interlocutores de Pacheco, no entanto, afirmam que o senador pelo Amapá não fará do posto um cavalo de batalha e pode ceder, caso seja necessário compor com outras legendas.

Pelos acordos costurados até o momento, o PSD de Pacheco deve presidir a CAE (Comissão de Assuntos Econômicos) e o MDB pretende ficar com a CRE (Comissão de Relações Exteriores). Renan Calheiros (MDB-AL) é o mais cotado para o posto.

Com essa divisão, o PT deve ficar de fora das principais comissões do Senado, apesar de o governo de Luiz Inácio Lula da Silva ter endossado a candidatura de Pacheco desde o princípio. Hoje, o partido comanda as comissões de Direitos Humanos e de Meio Ambiente, colegiados frequentemente ocupados pela oposição.

Há insatisfação entre petistas com essa divisão. Pelo fato de o partido ser governo, havia a expectativa de um posto com maior projeção política.
Na próxima segunda-feira (30) a bancada tem uma reunião marcada com Pacheco para tratar dos espaços na futura gestão, caso a reeleição se concretize.

Aliados do presidente do Senado defendem que, ao entregar a 1ª Secretaria para o PT, considerada a "prefeitura" da Casa, com acesso a cargos e orçamento, ele já faz um gesto importante ao partido, que terá somente a quarta bancada.

Alcolumbre presidiu a CCJ nos últimos dois anos. Além de analisar a constitucionalidade de todos os projetos de lei, a comissão é responsável pelas sabatinas de ministros do Judiciário indicados pelo presidente da República. Durante sua gestão, atuou para dificultar a nomeação do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) André Mendonça, adiando a sabatina do então indicado.

 

JULIANA BRAGA, Folhapress

 

 

Você pode receber direto no seu WhatsApp as principais notícias do CidadeVerde.com
Siga nas redes sociais