Cidadeverde.com
Esporte

Defesa de Daniel Alves deve apresentar recurso à prisão nesta segunda-feira

Imprimir

A defesa de Daniel Alves ganhou dias a mais para apresentar o recurso à prisão provisória decretada pela juíza do Tribunal de Justiça de Barcelona. Ele segue investigado por estupro. O documento deve ser enfim apresentado na segunda-feira (30).

O UOL apurou que algumas das principais estratégias da defesa do jogador envolvem a retirada do passaporte espanhol -Daniel tem dupla cidadania- para argumentar que ele não poderia sair do país; além disso, insistem que o jogador está disposto a ser monitorado por tornozeleira eletrônica. A acusação disse com exclusividade ao UOL que vai se manifestar de forma contrária ao recurso.

O brasileiro está preso desde sexta-feira (20). Ele foi transferido para a penitenciária de Brians 2, onde aguarda a decisão judicial de mantê-lo ou não detido enquanto as investigações acontecem.

O jornal espanhol La Vanguardia, que tem mantido contato com o advogado de defesa de Daniel Alves, relatou algumas das estratégias do advogado Cristóbal Martell. No recurso, devem constar as seguintes justificativas:

- Daniel Alves deve continuar dizendo que tudo que aconteceu entre ele e a mulher foi consensual.
- Devem alegar que as mudanças de versão tinham o intuito de esconder a infidelidade da esposa do jogador, Joana Sanz.
- Provavelmente, será destacado o fato de ele ter ido à polícia mesmo sabendo que seria detido.
- Vão propor uso de tornozeleira eletrônica para evitar risco de fuga (um dos pontos considerados importantes para a prisão provisória).

 

Fonte: Folhapress (Talyta Vespa e Thago Arantes)

 

 

 

Imprimir