Cidadeverde.com
Geral

FAB encontra destroços de avião da Air France

Imprimir

A FAB (Força Aérea Brasileira) informou nesta terça-feira que um avião radar utilizado nas buscas ao Airbus da Air France desaparecido desde domingo (31) localizou poltrona, boia de cor laranja, tambor, querosene e óleo. O material, no entanto, ainda não foi retirado das águas.

As peças serão analisadas em busca de um código de série para saber se são do Airbus que fazia o voo AF 447 com 228 pessoas a bordo --216 passageiros e 12 tripulantes. Entre os ocupantes do voo desaparecido estão 58 brasileiros, de acordo com a companhia aérea.

Segundo o coronel Jorge Amaral, subchefe de comunicação da FAB, duas aeronaves realizaram buscas ao Airbus durante a madrugada. "Não podemos confirmar que é a aeronave da Air France. É necessário que sejam retiradas das águas essas peças", afirmou.
 

Buscas

O coronel informou que, por volta das 1h, um avião de vigilância R-99, dotado de um radar, detectou que havia materiais metálicos e não metálicos flutuando no oceano. As coordenadas geográficas foram marcadas e indicaram que elas estavam a 650 km do arquipélago de Fernando de Noronha.

Mais tarde, por volta das 5h30, um outro aparelho, um C-130, encontrou materiais distantes 60 km. Entre os objetos encontrados estavam uma poltrona, pequenos pedaços brancos metálicos, uma boia branca, um tambor e vestígios de óleo e querosene.

Amaral informou que os trabalhos de busca vão se concentrar nessas coordenadas encontradas pela aeronave R-99 para que as peças possam ser retiradas das águas e, posteriormente, analisadas para se saber se de fato são ou não do Airbus A330-200.

Reconhecimento

Após retirar os objetos das águas as equipes irão analisar se eles possuem um número de série que possam indicar se pertencem ou não ao aparelho.

Amaral ressaltou que a quantidade de material encontrado até agora é pequena se comparada ao porte do jato.

Se confirmadas que as peças pertencem ao aparelho as equipes vão redirecionar os seus trabalhos para resgate de outras partes do Airbus que possam indicar o que ocorreu no voo AF 447.

Questionado a respeito de qual país irá conduzir as investigações sobre as causas do sumiço do avião, o subchefe disse que esse assunto ainda será discutido pelo Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos).

Voo 447

O voo 447 da Air France desapareceu sobre o oceano Atlântico na noite de domingo (31), com 228 pessoas a bordo --216 passageiros e 12 tripulantes. De acordo com a companhia área, há 58 brasileiros entre os ocupantes.

O avião decolou por volta das 19h do aeroporto Tom Jobim, no Rio, com destino a Paris e fez o último contato com o comando aéreo brasileiro por volta das 22h30 de domingo.
 
Fonte: FolhaOnline
Tags:
Imprimir