Cidadeverde.com
Picos

Rafael Fonteles anuncia que obra do Novo Hospital de Picos será concluída em dezembro de 2023

Imprimir
  • dentro_9.JPG Paula Monize
  • dentro_5.JPG Paula Monize
  • dentro_3.JPG Paula Monize
  • dentro_4.JPG Paula Monize
  • dentro_7.JPG Paula Monize
  • dentro_2.JPG Paula Monize

Na tarde desta terça-feira (21) o governador do Estado do Piauí, Rafael Fonteles (PT), anunciou que a obra física do Novo Hospital de Picos será concluída em dezembro deste ano. O gestor estadual visitou as obras instaladas no bairro Paraibinha e ressaltou o bom andamento na construção da unidade de Saúde.

Na ocasião, o governador esteve acompanhado da comitiva composta pelo secretário de Estado da Saúde, Antônio Luiz; do diretor geral do Hospital Regional Justino Luz, Tércio Luz; do secretário de Estado do Turismo, Pablo Santos; do deputado estadual, Severo Eulálio (MDB), além de prefeitos e lideranças políticas do município picoense e da região.

Em coletiva a imprensa após inspesionar as obras, Rafael Fonteles afirmou que o processo de construção da unidade será concluído em dezembro deste ano e até abril de 2024 o espaço estará devidamente equipado.

"Estamos focando nas nossas visitas e não podia ser diferente em Picos, na solução dos principais problemas apontados pela população. Aqui em Picos, sem dúvida, a principal reclamação e com razão é a questão da saúde. O Novo Hospital Regional de Picos está na fase final de acabamento, todos os três pavimentos com o piso já revestido, com as instalações elétricas e hidraúlicas, outros sistemas de gases, incêndio, já está completo. Estamos afirmando que a obra física será concluída em dezembro deste ano e a partir daí começa a chegada dos equipamentos do centro cirúrgico, UTI, enfermarias, da cozinha, lavanderia. Acreditamos que vai demorar cerca de quatro meses", frisou o governador.

Governador Rafael Fonteles

Para garantir o cumprimento do cronograma da obra, o gestor afirmou que os recursos estão assegurados. Nos últimos meses, a obra do Novo Hospital de Picos foi paralisada por atraso no pagamento dos trabalhadores.

"O recurso da obra está 100% assegurado, a questão contratual que envolve inclusive um aditivo já estamos fazendo a segunda etapa. Vamos entregar as duas etapas ao mesmo tempo, térreo, primeiro andar, segundo andar, inclusive com áreas subaproveitadas", pontuou.

Sobre a funcionalidade da estrutura antiga do Justino Luz, Rafael Fonteles explicou que o local passará a ser um hospital materno-infantil com oferta dos serviços neonatal e pediátrico. 

"O Justino Luz passará a ser um hospital materno-infantil. Vamos dividir o fluxo de pacientes, o serviçõ neonatal, pediátrico funcionará no hospital antigo. O objetivo é que as unidades possam prestar um serviço de maior qualidade tendo em vista que não haverá um fluxo intenso de pacientes de diferentes modalidades. Estou muito feliz como governador poder endereçar esse problema", ressaltou. 

O diretor geral do Hospital de Picos, Tércio Luz, destacou que a unidade vai atender uma demanda de 520 mil pessoas, oriundas de 50 municípios.

"Esse novo hospital é um hospital macrorregional, ele vai atender a uma demanda de mais de 520 mil habitantes, quase 50 municípios. Vai dar a oportunidade para abertura de novos serviços que antes não era possível por conta estrutural, um atendimento em saúde mais digno e qualificado.

Diretor Tércio Luz ao lado do governador

Aquisição dos equipamentos

O secretário de Estado da Saúde, Antônio Luiz, explicou que o processo licitatório será regularizado em breve para dar início ao lançamento do edital e compra dos equipamentos hospitalares.

"Esse processo para compra dos equipamentos existe uma licitação, estamos dimensionando o material verificando que algumas áreas estão subaproveitadas. Daqui a três meses todo o processo licitatório deve estar regularizado para lançar o edital e até o final do ano possamos comprar os devidos equipamentos. Com relação aos funcionários, uma parte vem do Justino Luz e se necessitar poderemos também contratar", disse o secretário.

Secretário Antônio Luiz

 

Paula Monize

[email protected]

Imprimir