Cidadeverde.com

Enzo Samuel se reúne com João Henrique para cobrar execução de emendas

Imprimir

Foto: Renato Andrade/Cidadeverde.com

O presidente da Câmara Municipal, Enzo Samuel (PDT), se reuniu com o secretário de Planejamento, João Henrique Sousa (MDB), articulador político do prefeito Dr. Pessoa (Republicanos), para cobrar a execução de emendas destinadas pelos parlamentares em 2022. 

Segundo apurou o Cidadeverde.com, alguns vereadores, tanto da base quanto da oposição, não tiveram nenhuma emenda executada no ano passado. 

Cada vereador tem pelo menos R$ 1.2 milhão para destinar a cada orçamento fechado. 

Em entrevista, Enzo Samuel informou que está realizando um levantamento junto aos parlamentares da Casa sobre as emendas que não foram executadas para apresentar ao Executivo. Os vereadores já consultaram, inclusive, a procuradoria para avaliar as repercussões jurídicas sobre a situação instalada. 

“Ontem tive uma reunião com o ministro João Henrique e coloquei que a liberação de emendas é impositivo, está na lei e tem que ser cumprido. Quando se deixa de executar uma emenda, você deixa de realizar um coisa boa para a população de Teresina”, destacou. 

Segundo o presidente da Câmara, a resposta do secretário foi positiva. “O que temos de garantia é que as 2022 serão executadas e as 2022, as que já foram empenhadas, mas que estão em processo aberto para ser executada”, destacou. 

Como repercussão da celeuma instaurada acerca das emendas, continua a tramitar a lentos passos na comissões da Casa o pedido de empréstimo de R$ 42 milhões solicitado pelo Prefeitura de Teresina. 

 

Paula Sampaio 
[email protected]

Você pode receber direto no seu WhatsApp as principais notícias do CidadeVerde.com
Siga nas redes sociais