Cidadeverde.com

Três anos sem marcar, atacante Joelson revive com o Altos sua ‘versão decisiva’

Imprimir

Foto: Altos TV

O Altos entrou em campo na noite de ontem (29) para a primeira parte da decisão por vaga na grande final do Campeonato Piauiense. O Jacaré venceu o Fluminense por 1 a 0, com gol do atacante Joelson aos 18 minutos da segunda etapa. O resultado, dá ao Altos a vantagem de jogar por empate a partida da volta que acontece na casa do rival no sábado (1°), às 15h45min, na Arena do Guerreiro, em Pedro II. Para o Fluminense, uma vitória simples os classifica a final. 

“Eu primeiro agradeço a Deus. Feliz, trabalhando, eu estava trabalhando forte para que na hora que oportunidade aparecesse eu pudesse ajudar o Altos e graças a deus a oportunidade apareceu e consegui fazer um belíssimo gol e a gente vencer essa primeira batalha. A gente sabe que não terminou ainda. Tem mais 90 minutos, mas vamos trabalhar com os pés no chão esses dias que para a gente passar para final”, afirmou o atacante Joelson. 

Na ‘Era Testoni’ o atacante Joelson não tinha minutagem ainda. O jogador foi apresentado no dia 26 de janeiro com o elenco ainda sob comando de Fernando Tonet. Estreou em jogo apagado contra o 3 de Julho e depois houve a troca de comando em que o atleta não foi utilizado pelo então novo técnico até o primeiro jogo da semifinal que aconteceu nesta quarta-feira (29). 

“Eu sou um treinador que procura cuidar muito do grupo e não só de quem está jogando e tem minutagem alta. O mérito é do Joelson. Ele não teve nenhuma minutagem comigo ainda. Ele poderia está muito chateado, mas ele não deixou de trabalhar. Eu sempre falo para os atletas, vocês têm que trabalhar para vocês, pois a hora que a oportunidade vai aparecer a gente não sabe e na hora que apareceu a oportunidade para ele estava pronto, preparado e foi abençoado com um golaço”, frisou o técnico Jerson Testoni. 

Um dos motivos seria a parte física. Joelson ficou dois anos sem clube e estava há três anos sem marcar um gol. A espera pelo momento ideal deu retorno na hora certa e Joelson viveu no Lindolfo o reencontro com sua versão decisiva. 

“Eu passei pouco mais de dois anos sem jogar e isso é muito ruim, mas Deus tem um proposito na vida de cada um de nós e na minha não era diferente. Eu sabia que na hora que a oportunidade aparecesse, eu sei fazer gol e graças a deus fui feliz. A graças a Deus a primeira bola que eu peguei, tive a felicidade de fazer o gol”, pontuou Joelson, camisa 9 do Jacaré. 

O próximo jogo do Altos pela semifinal acontece neste sábado (1°), às 15h45min, na Arena do Guerreiro, em Pedro II. O Altos pode jogar por um empate. Vitória para qualquer um dos lados – Altos ou Fluminense, clássica o vencedor. 

 

 

Pâmella Maranhão
[email protected]

Você pode receber direto no seu WhatsApp as principais notícias do CidadeVerde.com
Siga nas redes sociais