Cidadeverde.com

Haddad descarta criação de tributos em novo arcabouço fiscal

Imprimir

Foto: Divulgação/PR

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, disse que a criação de novos tributos "não está no horizonte do governo".

"Todos me perguntavam se vai haver aumento da carga tributária. Mas depois que viram o arcabouço, falam: 'é consistente, mas nós queremos saber se essa consistência implicitamente exigirá aumento de carga tributária'. Se por carga tributária entende-se criação de novos tributos ou aumento de alíquotas dos tributos existentes, a resposta é: não está no nosso horizonte".

Segundo Haddad, o governo não está pensando em nova CPMF, o antigo imposto do cheque. "Não estamos pensando em CPMF, não estamos pensando em acabar com o simples, nem reonerar a folha de pagamento, não é disso que se trata. A folha inclusive está na fase 2 da reforma tributária, prevista para o segundo semestre."

O ministro continuou: "Do que se trata, portanto? Lembro a frase do presidente Lula durante a campanha. Meu governo vai colocar o pobre no orçamento e o rico no imposto de renda. O que significa isso, na prática? Significa que nós temos que fazer quem não paga imposto pague, porque nós temos muito setores que estão demasiadamente favorecidos, com regras que foram sendo estabelecidas ao longo das décadas e que não foram revistas por nenhum controle de resultados".

 

Fonte: Sbt News

Você pode receber direto no seu WhatsApp as principais notícias do CidadeVerde.com
Siga nas redes sociais