Cidadeverde.com
Esporte

Santos leva gol no fim do Newell's Old Boys e sofre primeiro revés na Sul-Americana

Imprimir

O Santos não jogou mal. Mas foi incompetente na finalização, se atrapalhou na defesa e perdeu por 1 a 0 para o Newell's Old Boys, na Argentina, na noite desta terça-feira, e praticamente se despediu das chances de terminar na primeira posição do Grupo E da Copa Sul-Americana. 

Foto: Raul Barreta/Santos FC

Com 4 pontos contra 9 dos argentinos, mesmo ainda faltando três jogos, o mais provável é que o time da Baixada vá lutar pelo segundo lugar na chave, o que o jogará na disputa contra uma equipe que virá da Libertadores por vaga nas oitavas de final da sul-americana.

O Santos, que já não podia contar com Soteldo, com lesão na coxa, também perdeu Marcos Leonardo, com febre. Com isso, a força ofensiva ficou menor.

O primeiro tempo da partida foi de baixo nível técnico. O time argentino, claro, tinha uma proposta mais ofensiva, tomava a iniciativa. Mas faltava a seus jogadores categoria para ludibriar a fechada defesa santista.

Os brasileiros, por sua vez, jogavam de forma precavida e tentaram obter alguns contra-ataques. A marcação forte do Newell's e erros nos passes dificultavam a vida do time de Odair Hellmann. Tanto, que demorou 22 minutos para o Santos ter a primeira chance.

E foi numa roubada de bola. O Santos pressionou a saída de bola do Newell's, que errou e os brasileiros retomaram a bola. O problema é que Daniel Ruiz tentou surpreender o goleiro Hoyos com chute de fora da área e errou o alvo, mandando por cima do travessão.

O fato é que se deixava a desejar no ataque - teve duas outras chances com Mendoza: uma o goleiro pegou, a segunda ele errou o alvo -, o Santos também não tinha problemas defensivos e controlava com tranquilidade o ímpeto dos argentinos.

O Santos teve uma chance de ouro logo no início da etapa final, com Deivid, mas o garoto, depois de se livrar da zaga com categoria, chutou à direita de Hoyos. Odair Hellmann, percebendo que a equipe argentina não era tudo isso, soltou mais o seu time, embora correndo algum risco defensivo.

O jogo ficou mais franco, e mais interessante. Aí, João Paulo teve de trabalhar, com grande defesa em conclusão de Portillo. Mas foi o Santos que perdeu o gol da noite.

Lucas Braga, que voltava ao time, conseguiu, da pequena área, chutar por cima do gol bola rebatida pelo goleiro, que estava caído, após rebater cabeçada de Rodrigo Fernández.

O castigo não demorou para vir. Numa bola cruzada na área, Messias e Bauermann se atrapalharam e Iván Gómez aproveitou para chutar sem defesa para João Paulo. Gol de Newell's e derrota que deixa o time praticamente sem chances de conquistar o primeiro lugar na chave.

Fonte: Estadão Conteúdo

Você pode receber direto no seu WhatsApp as principais notícias do CidadeVerde.com
Siga nas redes sociais