Cidadeverde.com
Esporte

Palmeiras faz 5 no Goiás em ritmo de treino e assume a vice-liderança do Brasileirão

Imprimir

O Palmeiras sobrou em Goiânia. Com um jogador a mais desde os 40 minutos do primeiro tempo, quando já vencia com um gol de Artur, o Palmeiras superou o Goiás por 5 a 0 neste domingo, no Estádio da Serrinha, pelo Campeonato Brasileiro. 

Foto - Cesar Greco - Palmeiras

O time permanece invicto (três vitórias e um empate) e está isolado na vice-liderança do torneio. Os goianos, que vinham de invencibilidade de 14 jogos na Serrinha, está na zona do rebaixamento.

O time alviverde foi eficiente ao aproveitar a força da bola aérea para abrir o placar do início do jogo, a exemplo do que já havia feito diante do Corinthians, e mostrou pragmatismo ao controlar o jogo, dosar o ritmo e construir a goleada sem correr riscos.

O Palmeiras dominou o jogo desde o início, trocando passes com eficiência até achar a melhor opção para finalizar. O Goiás, por outro lado, tentava acelerar as jogadas para tentar surpreender a defesa rival. 

Com isso, os atletas tomavam as decisões erradas na maioria dos lances. Além disso, faltavam variações ofensivas - time só atuava pelo lado esquerdo -, o que facilitava a ação dos zagueiros do Palmeiras.

Outra escrita que se manteve foi a força da bola aérea do Palmeiras. É uma característica que todos os adversários já conhecem, mas poucos conseguem marcá-la. Foi assim que o time abriu o placar aos 9 minutos. Após cobrança de escanteio de Raphael Veiga e desvio de Zé Rafael, Artur marcou e fez seu segundo gol em seu retorno ao clube.

Foi um gol de bola parada, mas o time visitante já era bem melhor em todas as fases do jogo. A diferença técnica e tática dos dois times ficou ainda acentuada quando o Goiás ficou com dez jogadores. 

Aos 40, o zagueiro Lucas Halter fez falta em Rony, que ia em direção ao gol, e foi expulso. Esperto, Abel abriu os laterais e passou a explorar os espaços na defesa rival

O plano deu certo, e o time visitante começou a construir a goleada no começo do segundo tempo. Atuando como ponta por causa da falta de marcação, Piquerez cruzou e o zagueiro Sidimar fez gol contra: 2 a 0.

Já desatento diante da inferioridade, o Goiás praticamente 'entregou" o terceiro após falha na saída de bola: Raphael Veiga aproveitou e fez seu oitavo gol na temporada - ele é o artilheiro do time.

Na reta final, o técnico Abel Ferreira escalou novamente os garotos, entre eles, Endrick, que não vinha sendo escalado nos três últimos jogos. A joia já negociada com o Real Madrid marcou o quatro gol de cabeça, após cruzamento de Piquerez.

O quinto gol, que fechou a goleada, foi especial. O atacante Dudu encerrou um jejum que vinha desde o jogo diante do Fortaleza, no Brasileirão do ano passado. Foi o gol mais festejado pela equipe, inclusive pelos jogadores do banco de reservas.

Fonte: Estadão Conteúdo

Você pode receber direto no seu WhatsApp as principais notícias do CidadeVerde.com
Siga nas redes sociais