Cidadeverde.com

FIVB confirma mudança e Liga das Nações terá 18 seleções em 2025 e um rebaixamento

Imprimir

A Federação Internacional de Voleibol (FIVB) confirmou nesta quarta-feira que a Liga das Nações contará a partir de 2025 com 18 seleções, duas a mais em relação aos anos anteriores A mudança será tanto no masculino quanto no feminino.

"Espera-se que essas mudanças, envolvendo uma presença ampliada da Liga das Nações, um cronograma de competição mais simplificado, tempo adicional de recuperação e preparação para as equipes e maior potencial comercial, melhorem a experiência do torneio para atletas, torcedores, cidades-sedes e todas as outras partes interessadas. 

O objetivo é garantir que a Liga das Nações continue a ser um espetáculo de classe mundial através de melhorias contínuas na experiência dos fãs, tanto na TV quanto pessoalmente", disse a FIVB.

Com o aumento de equipe, a Liga das Nações contará com um novo regulamento. A partir de 2025, as 18 seleções serão divididas em três grupos de seis e farão 12 partidas, durante três semanas, com uma semana extra de descanso durante o torneio.

A pior equipe na classificação final será rebaixada e substituída pela melhor colocada do ranking da FIVB que não estiver disputando o torneio. Já a fase final continuará sendo disputada pelas oito melhores equipes. Elas se enfrentarão em mata-mata até que a equipe campeã seja definida.

Neste ano, o torneio continua com 16 equipes e nenhuma será rebaixada. Em 2025, juntarão-se ao grupo a campeã do torneio secundário, a Challenger Cup, o melhor colocado no ranking da FIVB.

A edição de 2024 começará no Rio de Janeiro e será disputada entre os dias 21 e 26 de maio. A Liga das Nações passará ainda por Japão e Filipinas.

Fonte: Estadão Conteúdo

Você pode receber direto no seu WhatsApp as principais notícias do CidadeVerde.com
Siga nas redes sociais