Cidadeverde.com

Primeira edição de 2024 do Piauí Pet Castramóvel vai encaminhar 300 animais à castração social

Imprimir

Começou, neste domingo(18), a primeira edição de 2024 do projeto itinerante Piauí Pet Castramóvel, que acontece no Centro de Educação Ambiental (CEA), na avenida Raul Lopes, em Teresina. O Governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), está cadastrando 300 animais, entre caninos e felinos, para castração social, sem custo.

O cadastro é restrito a pessoas de baixa renda. Para ter acesso, é preciso apresentar um número de inscrição no CadÚnico. Durante a inscrição, o animal passa por triagem com médico veterinário, para apontar se está apto à cirurgia.

“Precisa estar com a pele íntegra, se alimentando bem, fezes em bom estado. Vamos também tirar a temperatura e não pode estar acima do peso”, explica Rita de Cássia Lima, médica veterinária da Semarh.

O programa de controle de natalidade é uma estratégia que visa o controle de zoonoses, o bem-estar e a não violência aos animais, combatendo abandono, atropelamento, entre outras formas de violação.