Cidadeverde.com

Contribuintes podem destinar 3% do seu imposto de renda a fundos de cidades do RS

Imprimir

Por Caroline Oliveira

Últimos dias para declarar o Imposto de Renda e quase 40% dos piauienses ainda não entregaram. Faltando duas semanas, somente 61,10% já acertaram as contas com o Leão. Mas, você sabia que pode destinar parte do imposto para fundo da criança e do adolescente ou do idoso da sua cidade ou até aos municípios do Rio Grande do Sul?

O auditor da Receita Federal do Piauí, José Walter, informou que o contribuinte pode escolher destinar 3% do imposto devido para um dos fundos endereçados a esses públicos na esfera municipal, estadual ou federal. As informações foram dadas no programa Acorda Piauí da Rádio Cidade Verde.

Segundo ele, dos cerca de R$ 100 milhões que os contribuintes piauienses entregam nas declarações, apenas 10% têm voltado através desses fundos ao estado, quando esse valor poderia ser maior, se cada declarante fizesse essa escolha ao entregar sua declaração. 

“A maioria das pessoas não sabe que pode, do imposto que está lá apurado na sua declaração, você pode destinar 3% para projetos com criança, adolescentes ou idosos. E isso não vai aumentar, nem diminuir seu imposto. Então você pode escolher. Dizer assim: 3% do imposto daqui da minha declaração, eu quero que vá para o fundo da criança e do adolescente. Isso é muito simples de fazer, pois tem uma ficha de doações na própria declaração e o valor o programa já calcula automaticamente”, explicou o auditor da Receita. 

Para José Walter, esse é um “ato de cidadania” que precisa ser engajado porque o dinheiro para o caixa da União em Brasília e para retornar ao estado só através de orçamento. Mas, fazendo dessa forma, o valor já cai diretamente no fundo municipal, estadual ou até mesmo federal que a pessoa escolher. 

Com as enchentes no Rio Grande do Sul, esses valores podem ser destinados também aos fundos desses públicos para o estado gaúcho. 

“Quem quiser colaborar com aquele estado, você pode inclusive na hora da destinação colocar lá pro Rio Grande do Sul, destina esses 3%. Você vai fazer sua parte e não vai precisar tirar ainda mais. Quer dizer, daquele próprio imposto que você já ia pagar e você já estava lá calculado na tua declaração, você pode destinar parte dele para o Rio Grande do Sul”, finalizou o auditor. 

As declarações devem ser entregues até o dia 31 de maio, às 23h59 no site da Receita Federal e utilizando a conta gov.br. 


Eldorado do Sul foi uma das cidades afetadas pelas enchentes no Rio Grande do Sul - Foto: Gustavo Mansur/SecomRS

 

Você pode receber direto no seu WhatsApp as principais notícias do CidadeVerde.com
Siga nas redes sociais