Cidadeverde.com

Na UFPI, Meeting paralímpico reúne 99 atletas de 11 cidades piauienses

Imprimir
  • PHOTO-2024-05-18-11-12-24.jpg Renato Andrade
  • PHOTO-2024-05-18-11-12-24_(1).jpg Renato Andrade
  • PHOTO-2024-05-18-11-12-25.jpg Renato Andrade
  • PHOTO-2024-05-18-11-12-27.jpg Renato Andrade
  • PHOTO-2024-05-18-11-05-14.jpg Renato Andrade
  • PHOTO-2024-05-18-11-05-51.jpg Renato Andrade
  • PHOTO-2024-05-18-11-06-05.jpg Renato Andrade
  • PHOTO-2024-05-18-11-05-43.jpg Renato Andrade
  • PHOTO-2024-05-18-11-05-43_(1).jpg Renato Andrade
  • PHOTO-2024-05-18-11-05-41.jpg Renato Andrade
  • PHOTO-2024-05-18-11-06-02.jpg Renato Andrade
  • PHOTO-2024-05-18-11-05-55.jpg Renato Andrade
  • PHOTO-2024-05-18-11-05-11.jpg Renato Andrade
  • PHOTO-2024-05-18-11-05-06.jpg Renato Andrade
  • PHOTO-2024-05-18-11-05-10.jpg Renato Andrade
  • PHOTO-2024-05-18-11-05-03.jpg Renato Andrade
  • PHOTO-2024-05-18-11-05-02.jpg Renato Andrade

 

Por Pâmella Maranhão 

Quem foi até a pista de atletismo da UFPI na manhã deste sábado (18) pôde acompanhar de perto a união das palavras – inclusão social + esporte. Pela primeira vez Teresina recebeu um Meeting paralímpico que contou com 99 atletas de 11 municípios do estado do Piauí e alguns participantes de estados vizinhos como Pernambuco e Maranhão. 

“Fico muito feliz com o CPB (Comitê Paralímpico Brasileiro) podendo atuar hoje em todas as capitais brasileiras. Aqui no Piauí é a primeira vez que conseguimos promover uma competição de iniciação até o alto rendimento. São atletas de nível escolar e alto rendimento aqui hoje, são 99 atletas e podemos continuar avançando e desenvolvendo cada vez mais o esporte paralímpico aqui no Piauí”, pontuou Yohansson Nascimento, vice-presidente CPB. 

Na pista da UFPI sobraram belas histórias não só para os que competiram, mas também para os familiares que puderam ver no rosto dos filhos, sobrinhos, enteados, pai, avô a felicidade genuína. 

Taniele Ferreira é mãe da Maria Luiza, de 12 anos, cadeirante e atleta de bocha, moradoras da cidade de José de Freitas. O contato com o esporte veio a pouco tempo e o Meeting foi a primeira experiencia em competições. A mãe narra a nítida evolução da filha com poucos meses de contato com a modalidade e rotina inclusiva. 

“Ela é uma criança muito alegre, muito feliz, mas ela estava em uma situação de ficar somente na cadeira, muitas limitações e com o passar do tempo a APAE de José de Freitas acabou nos chamando e perguntou se podíamos colocar ela na modalidade, ela começou a treinar e eu vi um brilho diferente no olhar dela, mas motivação para levantar e fazer as atividades e contando dias para os treinos. Percebi um novo caminho para vida dela”, pontuou Taniele. 

Ao total, apenas no atletismo foram oito provas, em oito categorias. Entre os 99 atletas eram – 74 com deficiência intelectual e 25 com deficiência física. O Raimundo Galeno, de 69 anos que é cego teve oportunidade de disputar duas provas no atletismo. Ele está entre os participantes mais experientes e começou a praticar o atletismo tem 22 anos. 

 

“Eu estava entrando em depressão, tristeza, angustia devido a perca da visão, mas Deus me resgatou e hoje eu estou muito feliz, melhor do que quando tinha visão viu? Através do esporte, o esporte me resgatou e trouxe saúde novamente”, disse Raimundo, após correr duas provas – 5km e o 1.500m


O Meeting paralímpico segue percorrendo todos os estados do Brasil em um ano especial, pois teremos os Jogos Paralímpicos em Paris 2024. 
 

  • PHOTO-2024-05-18-11-05-11.jpg Renato Andrade
  • PHOTO-2024-05-18-11-05-06.jpg Renato Andrade
  • PHOTO-2024-05-18-11-05-10.jpg Renato Andrade
  • PHOTO-2024-05-18-11-05-03.jpg Renato Andrade
  • PHOTO-2024-05-18-11-05-02.jpg Renato Andrade
  • PHOTO-2024-05-18-11-05-05.jpg Renato Andrade
  • PHOTO-2024-05-18-11-05-08.jpg Renato Andrade
  • PHOTO-2024-05-18-11-05-08_(1).jpg Renato Andrade
  • PHOTO-2024-05-18-11-05-03_(1).jpg Renato Andrade
  • PHOTO-2024-05-18-11-05-05_(1).jpg Renato Andrade
  • PHOTO-2024-05-18-11-05-43_(2).jpg Renato Andrade
  • PHOTO-2024-05-18-11-05-51_(1).jpg Renato Andrade
Você pode receber direto no seu WhatsApp as principais notícias do CidadeVerde.com
Siga nas redes sociais