Cidadeverde.com

Imposto de Renda: 17 milhões de contribuintes ainda não entregaram declaração

Imprimir

Foto: Freepik

 

No dia 31 de maio, encerra-se o prazo para entrega das declarações do Imposto de Renda Pessoa Física de 2024 (ano-calendário 2023). Em menos de duas semanas do encerramento, 17 milhões de contribuintes ainda não concluíram o procedimento. Para ajudar quem está nessa situação, sobretudo pessoas que têm dificuldades no preenchimento, uma faculdade particular de São Paulo está fazendo declarações gratuitamente, no campus da unidade.

A aposentada Arminda Virgínia Claure aproveitou a oportunidade para entregar a declaração. “Eu já tentei e não consegui. A questão é a senha, redefinir a senha”, conta a aposentada, que está com dificuldade em relação às senhas do sistema Gov.Br. Ela recebeu a ajuda de um dos alunos do curso de Ciências Contáveis. “Ele está fazendo passo a passo. Eu acho isso aí muito trabalhoso”, diz Arminda.

Informe de rendimentos

Já o gráfico Gilmar Soares de Medeiros teve problemas com o informe de rendimentos. “Eu achava que chegava aqui e estava tudo no computador. O rapaz disse que falta o informe. Sem ele não dá pra fazer”, contou Medeiros, também auxiliado por um estudante de faculdade.

O coordenador do curso, Walter Dominas, explica que, para quem tem conta Gov níveis ouro e prata, é possível baixar a declaração pré-preenchida diretamente do sistema da Receita Federal, o que simplifica bastante o procedimento. “É só completar os dados, conferir o que está lá, e completar o que está faltando. Se não tiver essa declaração pré-preenchida, é preciso preencher toda a declaração”, esclarece Dominas.

Mutirão nos escritórios

Com a proximidade do fim do prazo, escritórios de contabilidade têm ampliado a capacidade de atendimento. O contador Richard Domingos, dono de uma empresa do setor, colocou uma equipe de plantão neste sábado (18), e deve permanecer nesse ritmo até o final do mês.

“Nós temos ainda mais de 30% de declarações do imposto de renda para serem entregues. Estamos fazendo um trabalho extra agora buscando chamar os clientes para entregar essa documentação”, afirma Domingos. “O importante é não deixar para o último dia, pois pode ser que falte algum comprovante, algum documento que faça parte dessa declaração”, alerta o contador.

Calamidade

Apenas contribuintes de municípios do Rio Grande do Sul afetados pelas enchentes não precisarão entregar a declaração antes de 31 de maio. Nesse caso, o prazo se estende até 31 de agosto.

 

Fonte: SBT News

Você pode receber direto no seu WhatsApp as principais notícias do CidadeVerde.com
Siga nas redes sociais