Cidadeverde.com

Mestre do judô Davi Vecki recebe homenagem em memorial um ano após sua morte

Imprimir

Foi inaugurado nesta sexta-feira (24), no Centro de Treinamento Abdias Queiroz, na Vila da Paz, zona Sul de Teresina, o memorial Davi Vecki. O espaço é uma homenagem ao atleta e professor que, durante muitos anos, dedicou sua atuação ao projeto social que é referência para o país e responsável por revelar diversos nomes do judô.

“Incrível ver um projeto desses, é para poucos. Aqui nós temos o melhor tatame possível no mundo, temos uma estrutura maravilhosa onde 200 crianças treinam diariamente de graça. Então, isso já prova o grande legado que o Davi deixou para toda a sociedade piauiense”, disse o jornalista Maurício Santana.

Davi Tajra Vecki morreu em abril do ano passado após enfrentar complicações de uma doença autoimune.

Atualmente, o Centro de Treinamento Abdias Queiroz é considerado um dos melhores espaços para esse tipo de prática no Piauí, com um tatame que atende aos requisitos dos mais exigentes profissionais do judô, fruto do trabalho do professor Davi que pleiteou recursos junto à Receita Federal e a outras instituições para a aquisição do material.

“Em 2018, 2019 começamos a bolar esse projeto junto à Receita Federal. Eu até comentei com alguns amigos que achava difícil, mas ele foi insistente, persistente, sonhador, e deu certo. Então, trazer um espaço desse nível para atender essas crianças, não há nenhum local no Piauí nem parecido com esse espaço”, contou o coordenador do projeto, Abdias Queiroz.

Hoje, o projeto social atende 230 crianças e adolescentes gratuitamente. Para essa turma, Davi Vecki era muito mais que um professor; ele era também uma inspiração que, além do judô, orientava os alunos sobre princípios para uma vida com disciplina.

Para a jornalista, historiadora e mãe do atleta, Marta Tajra, a homenagem representa o reconhecimento de pessoas que tiveram suas vidas transformadas pela ação social do filho.

“O Davi fez um trabalho muito grande aqui, um trabalho social aliado ao judô, que o próprio judô propicia isso, questão de ética, valores, não é só o esporte, então ele passou isso muito bem para as crianças e os adolescentes", destacou.

 

Com informações de Francisco José (TV Cidade Verde) 

Você pode receber direto no seu WhatsApp as principais notícias do CidadeVerde.com
Siga nas redes sociais