Cidadeverde.com
Geral

Justiça ordena a prisão de dentista por não ter pago pensão

Imprimir
O juiz da 4ª vara da Família, Antônio Sales, ordenou hoje a prisão do dentista A. F. S. (não identificado a pedido da advogada) acusado de não pagar a pensão alimentícia de seus dois filhos. Além da prisão, o dentista terá que pagar uma pensão de cerca de R$ 7 mil.

O pedido de prisão foi solicitado pela esposa, uma médica, após atraso de cinco meses no pagamento da pensão. A advogada Conceição Vasconcelos, informou ao Cidadeverde.com, que o dentista vem sistematicamente atrasando a pensão. “Eles já estão separados há 8 anos e o dentista pagar um mês, atrasa dois e paga quando lhe convier”, disse a advogada.

Segundo Conceição Vasconcelos, o dentista pagava seis salários mínimos (R$ 2.790,00) de pensão para as duas filhas. Ele entrou com ação de revisão e houve acordo para baixar para três salários mínimos (R$ 1.395). 

Flash Yala Sena
[email protected]

Tags:
Imprimir