Cidadeverde.com
Geral

Médicos não atenderão três planos de saúde

Imprimir
Na noite de ontem (28), os médicos decidiram em Assembléia Geral suspender o atendimento aos usuários dos planos SulAmérica, Bradesco e Medial Saúde, após uma série de tentativas frustradas de negociação. A Comissão de Honorários Médicos entrou em contato com as operadoras exigindo aumento no valor da consulta de R$ 33,00 para R$ 45,00, mas não obteve resposta de nenhuma das três.
 

 Leonardo Eulálio, presidente do Sindicato dos Médicos
 
Outra reivindicação da categoria era o reajuste dos honorários médicos com deflator de 13% e da Unidade de Custo Operacional com deflator de 25% com base na CBHPM (Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos, tabela nacional determinada pela Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
 
“A suspensão era a nossa última opção porque sabemos do prejuízo causado ao usuário, mas nós não podemos permitir o descaso para com a categoria médica por parte das operadoras. Exigimos, sim, o respeito e a valorização do profissional”, pontuou o membro da Comissão de Honorários, Dr. Paulo Márcio.
 
A partir de hoje (29), os médicos estão impedidos de atender pacientes por qualquer um desses convênios, uma vez que a decisão da Assembléia é soberana.
 
A boa notícia é que o atendimento aos usuários dos planos Mediservice e Amil não será suspenso porque a categoria conseguiu reajuste considerado satisfatório. A partir do próximo mês de novembro, as operadoras repassarão ao médico R$ 42 por consulta e pagará com deflatores de 10% e 25% pelos honorários e Unidade de Custo Operacional, respectivamente.

Da Redacão
[email protected]

Tags:
Imprimir