Cidadeverde.com
Geral

Mortos na BR-135 iam passar festas de Natal com famílias

Imprimir

O Cidadeverde.com falou agora pouco (às 13h 20), por telefone, com o motorista da D-20, Mariano das Chagas Lira, 45 anos, e ele informou que das 10 pessoas que estavam no carro, oito morreram na hora do acidente.

A tragédia ocorreu na BR-135 quando o carro se chocou com um ônibus da Guanabara, deixando pelo menos 10 mortos no local. Há informações de que o motorista do ônibus morreu, após o impacto.

Veja mais:

Tragédia: Acidente de ônibus deixa 10 mortos no Sul do PI

Mariano Lira, motorista que estava na D-20, foi internado no hospital de Bom Jesus com ferimentos no rosto e costa, mas está fora de risco de morte. Ele conta que a D-20 foi contratada pelos passageiros de Ceilândia, em Brasília, para passar as festas de final de ano em Pedra D’água, na cidade de Independência, no Ceará.

Mariano informou que na hora do acidente ele não estava no volante, pois tinha revezado com o proprietário do carro para descansar. “Eu estava deitado na carroceria descansando. Ouvi uma pancada e quando dei por mim estava no chão. Foi tudo muito rápido”, afirmou.

Ele conta que somente ele e um senhor chamado “Branco” se salvaram. O comerciante Francisco Avelino Lima, que dirigia a D-20, morreu na hora. Mariano disse que eles tinham saído às 4 horas da madrugada e a viagem duraria pelo menos 30 horas.  O motorista conta que no carro tinha uma garota de 14 anos que também morreu.

Flash Yala Sena
[email protected]

Imprimir