Cidadeverde.com

Governador entrega obras e comenda no último dia de Oeiras como capital

Imprimir
Em entrevista ao Jornal do Piauí, o governador Wilson Martins falou sobre os avanços e inaugurações a serem entregues a cidade de Oeiras, que sedia temporariamente a capital do Estado em virtude das comemorações dos 189 anos de adesão do Piauí à Independência do Brasil. Nesta terça-feira (24), último dia da transferência do governo para o município, o gestor também fez a outorga da Ordem do Mérito Renascença para 50 personalidades.

Foto: Paulo Barros

Em relação a melhoria na saúde o governador destacou a entrega do Hospital do Rim e a compra de equipamentos modernos para o setor de ortopedia. "Com a entrega deste hospital os pacientes não precisarão mais se deslocar para cidades como Picos, Floriano ou Teresina para conseguir tratamento. Na área da ortopedia, cerca de 100 pacientes necessitavam ser transferidos, superlotando assim os hospitais da capital", reiterou o governador. 

Na educação, Wilson Martins ressaltou o bom desempenho dos alunos no vestibular e falou da meta do governo para a construção de mais escolas de tempo integral. "Cerca de 85% dos nossos alunos foram aprovados no vestibular. Isso demonstra a excelência do ensino no estado. A intenção é que possamos oferecer qualidade no ensino em todos os níveis. Uma das formas a serem implementadas é o aumento do número de escolas de tempo integral no Piauí. Começamos com apenas 19, hoje temos 180 e nossa meta é que possamos chegar até 350 escolas até o final do ano. E isto será um grande avanço, pois assim os alunos recebem atenção especial, reforço, contato com as artes e ainda se afastam do mundo das drogas", complementou.

Foto: Kalberto Rodrigues/PK

Além dos avanços na educação e saúde, o governador citou o asfaltamento feito de Colônia a Oeiras, melhorando assim o acesso, a regularização de terras, assentamento de cerca de 100 famílias que além da moradia dispõem de água e energia, melhorias nas áreas de agricultura, apicultura, avicultura que interferem diretamente no nível de desenvolvimento humano de Oeiras. 


Wilson Martins falou ainda sobre a reinaguração do Museu de Arte Sacra, um símbolo da cidade, e sobre a intenção de construção de uma casa de reabilitação para dependentes químicos, onde estes possam receber tratamento e também serem reinseridos no mercado de trabalho.

Da Redação
Você pode receber direto no seu WhatsApp as principais notícias do CidadeVerde.com
Siga nas redes sociais