Cidadeverde.com
Entretenimento

Corso tem percurso aumentado para 9,5km e Polícia garante segurança

Imprimir
O percurso do Corso de Teresina foi aumentado até o balão do Atacadão, na avenida Marechal Castelo Branco, e em acordo, o horário de concentração foi alterado para às 14h. 

Participaram da reunião, a Polícia Militar, a Strans, Corpo de Bombeiros e a equipe da Fundação Monsenhor Chaves. 

Fotos: Evelin Santos/Cidadeverde.com

A concentração acontece em frente ao 1º Batalhão, na avenida Marechal Castelo Branco. Segundo o comandante do Policiamento da Capital, coronel José Fernandes Albuquerque, disse que serão disponibilizados 70 homens e viaturas durante todo o percurso. 

“O local de concentração vamos utilizar esquadrão da cavalaria e polícia ostensiva a pé”, destacou. 


A jornalista Indira Gomes, coordenadora de programas especiais da TV Cidade Verde, também participou da reunião. A emissora irá fazer a transmissão ao vivo de todo o percurso, no próximo sábado(11).

Neste sábado, serão percorridos 9,5 quilômetros pelos caminhões do Corso que participam também de uma certificação para entrar no Guiness Book (Livro dos Recordes).

Na quinta-feira, chega a Teresina um juiz para avaliar se o corso tem possibilidade de ir para o Livro dos Recordes. 


Serão colocados 40 agentes de trânsito, além de grupos de resgate do Corpo de Bombeiros e atendimento médico. As inscrições vão até amanhã(08), às 13h30. Até hoje há 210 carros inscritos. 

O que mudou:
  • O horário mudou: a concentração acontece às 14 horas;
  • Toda a avenida Marechal Castelo Branco ficará interditada das 14h às 23 h;
  • A concentração acontece em frente ao 1º Batalhão, na av. Marechal Castelo Branco;
  • O percurso aumentou de 8 km para 9,5 km. 

Recomendações para veículos do Corso:

  • Os carros devem ter guarda-corpo na lateral;
  • Extintores de incêndio;
  • Verificar os equipamentos de frenagem (freios dos carros);
  • Evitar exageros nas instalações elétricas para não ocorrer incidentes;
  • Não levar material cortante ou inflamável para cima dos veículos. 


Flash de Yala Sena
Redação Caroline Oliveira
Imprimir