Cidadeverde.com
Últimas

Objetos de Clodovil vão a leilão por dívidas

Imprimir
Para pagar dívidas e manter a casa cinematográfica em Ubatuba, no Litoral Paulista, de Clodovil Hernandes, quase 200 objetos pessoais do apresentador, estilista e deputado vão a leilão.


O leilão do espólio de Clodovil, morto em 2009, acontece na próxima quinta-feira (12), na Casa 8 Leilões, no bairro dos Jardins, em São Paulo.

Entre as preciosidades de Clodovil estão bolsas de grife, seu brinco de diamante, anéis e relógios, bem como obras de arte e móveis.

Desde a morte de Clodovil, sua advogada e inventariante, Maria Hebe Pereira de Queiroz, tenta manter a casa dele em Ubatuba, mas as dívidas para a manutenção só crescem. Ela ainda tenta receber uma indenização que o apresentador ganhou na Justiça da RedeTV!. Maurício Petiz, ex-assessor e amigo de Clô foi um grande incentivador para a criação da Fundação Clodovil Hernandes.


Confira alguns itens que estão na lista:

1 - Serviço para servir chá e café de metal espessurado a prata, estilo e época Art Deco, contendo bule, açucareiro, leiteira e cremeira. Europa início séc. XX - Lance Livre

2 -  Par de passadeiras Tabriz, 2,90 x 0,74 = 2,15 m² cada - Lance Livre

3  - Mesa de centro estilo rústica, madeira lavrada, tampo em forma retangular, pernas retas. 44 x 145 x 47 cm. Brasil séc. XX - Lance Livre

4 - ALFREDO VOLPI, Sereia, Litogravura 198/200, ACID, 48 x 75 cm. com dedicatória ao Clodovil - Lance Livre

5  -  Tapete Oriental, 2,00 x 2,45 = 4,90m² - Lance Livre

6  -  Mala para viagem com rodinhas, Louis Vuitton. - Lance Livre

7  - SANTAELLA, Escultura de bronze representando figura de serpente. Alt. 72 cm. (era utilizada como base de mesa) - Lance Livre

8  - Par de castiçais estilo Império, de prata lei, contraste com teor 800. Alt. 30 cm. Brasil início séc. XX - Lance Livre

9  - Par de cinzeiros de prata lei, em forma de folhas. Brasil séc. XX - Lance Livre

10  - Lote com três floreiros de prata lei, teor 925. Alt. 17 cm. Brasil séc. XX -Lance Livre

11  - Copo de prata lei Sterling. Alt. 13 cm. Itália séc. XX - Lance Livre

12  - Bolsa da manufatura Louis Vuitton. França séc. XX - Lance Livre

13 -  Sofá com forração listrada nas tonalidades vermelha e branca. Séc. XX - Lance Livre

 14 - Par de floreiros de porcelana Sangue de Boi, acompanham cúpulas de bambu entrelaçado. Alt. 62 cm. China início séc. XX (no estado) - Lance Livre

15 -  Anel confeccionado em ouro amarelo 18 quilates, contendo iniciais CH, com 25 pedras de brilhantes. Peso total do material 13,4 gramas. R$ 870,00

16  - Passadeira Kilim Juta, 4,00 x 1,00 = 4,00 m² - Lance Livre

17  - Isqueiro de prata lei inglesa, início séc. XX - R$ 50,00

18 - MIRÓ, Composição, litogravura 24/75, ACID, 64 x 62 cm. -Lance Livre

19  - Brinco solitário, confeccionado em ouro branco 18 quilates, tendo cravado 1 diamante lapidação triângulo de 8,9 mm, letra L, com pequenas inclusões, estima-se o peso em 1,30 quilates - R$ 4.000,00

20  - Jogo de 6 taças de cristal para vinho tinto. Séc. XX - Lance Livre

21 - Movel gaveteiro de madeira nobre, diversas gavetas e escaninhos com puxadores de metal. Alt. 160 cm. Brasil séc. XIX/XX - Lance Livre

22 - Baú personalizado por Clodovil Hernandes, revestido com couro e pele de animal. 50 x 100 x 50 cm. - Lance Livre

23 - Mesa lateral de junco, tampo em forma retangular com alças, pernas retas. Brasil séc. XX - Lance Livre

24 - Anel de ouro 18 quilates, peso 11,1 gramas, tendo 2 diamantes, lapidação quadrada, peso total aproximado 0,50 quilates, tendo ao centro 1 pedra de rubí oval medindo 6 x 9 mm - R$ 1.100,00.



Fonte: O Fuxico
Imprimir