Cidadeverde.com

Briga pelos R$ 600 do auxílio emergencial termina em prisão em Parnaíba

Uma mulher beneficiária do auxílio emergencial do governo foi agredida fisicamente pelo  ex-companheiro na tarde desse domingo (12), na Rua Vitória Galvão, bairro Planalto em Parnaíba-PI. 

O agressor teria iniciado uma confusão cobrando da ex-companheira os R$ 600 do auxílio emergencial do governo para enfrentamento à crise causada pela pandemia do covid-19. 

De acordo com a informação, o acusado e vítima estão inscritos no programa bolsa família e juntos irão receber R$ 1.200, mas apenas ela tem direito de sacar o dinheiro.

Ainda segundo informações, ele teria cobrado os R$ 600 e queria recebê-lo. A mulher disse que só repassaria R$ 400, pois tinha muita despesa com o filho de 1 ano.

Em razão disso, a discussão terminou em agressão física. A vítima teria levado chute do ex-companheiro e também teria sido alvo de pedradas. Ela ficou com a perna lesionada.

A polícia foi acionada e o agressor preso posteriormente na casa de seus familiares no bairro Planalto. Na central de flagrantes, o delegado Fábio Behring autuou o conduzido nos artigos 129 (lesão corporal) e 147 (ameaça), com base na Lei Maria da Penha.

Diante do delegado, ele negou às acusações, alegando que tinha comparecido na casa da ex para ver seu filho.

Fonte: Portal do Catita/Jornal da Parnaíba