Cidadeverde.com

Polícia Federal cumpre mandados contra empresário por crime eleitoral em Parnaíba

Fotos: Divulgação PF-PI

Atualizada às 11h35

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta sexta-feira (06), a Operação Verbum Dubium, com objetivo de reprimir crimes eleitorais no município de Parnaíba (a 340 km de Teresina). Estão sendo cumpridos dois mandados de busca e apreensão contra um empresário da comunicação no litoral, que estaria divulgando fake news. 

Cerca de 20 policiais federais participam da operação autorizada pela 3ª Zona Eleitoral. Eles fazem buscas na residência e na empresa do investigado em Parnaíba e também em Teresina. 

O inquérito foi instaurado a pedido do Ministério Público Eleitoral para averiguar notícia de crimes eleitorais supostamente praticados por empresa de mídia digital, que estaria divulgando de forma intencional fake News e ataques a adversários políticos, causando prejuízo ao pleito. 

Em nota, a PF diz que busca, através da cautelar proposta, evidências da produção de conteúdo ofensivo a candidatos e servidores públicos, cuja difusão pelas redes sociais objetiva prejudicar o regular trâmite das Eleições 2020.

"Durante as buscas foram apreendidas mídias, equipamentos eletrônicos, documentos para se verificar se confirma ou não a hipótese criminal. As diligências continuam para total instrução do feito, em regime prioritário como determina a legislação eleitoral", disse o delegado Carlos Alberto Ferreira do Nascimento, chefe do Departamento da PF em Parnaíba. 

 

As diligências ocorrem em Parnaíba e Teresina, através do Centro de Comando e Controle, qe foi criado para as eleições 2020. 

O nome da Operação – Verbum Dubium – faz alusão aos problemas ocasionados pela intencional divulgação de Fake News e pelos ataques a adversários políticos, em prejuízo do livre sufrágio.


Caroline Oliveira
Com informações da PF
[email protected]