Cidadeverde.com

Varas criminais de Parnaíba migram mais de 3,6 mil processos físicos para sistema 100% digital

Foto: Arquivo/Cidade Verde

As 1ª e 2ª Varas Criminais da comarca de Parnaíba tornaram-se 100% digitais, após a Corregedoria Geral da Justiça do Estado do Piauí (CCJ-PI) concluir a migração de 3.609 mil processos físicos para o sistema Processo Judicial Eletrônico (PJe), em em conformidade com o Provimento Conjunto da presidência do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI) e da CGJ-PI.

“Com a tramitação única alcançamos uma maior agilidade na tramitação dessas ações penais, com segurança na manutenção e integridade de documentos, além de uma melhor organização e divisão de tarefas dentro da unidade [...] ganha a população parnaibana”, pontuou Marcelo Mesquita, juiz titular da 2ª Vara Criminal de Parnaíba.

Os serviços de digitalização dos arquivos dos processos foram realizados por uma equipe coordenada pela Distribuição de 1° Grau da comarca de Teresina, em parceria com o Laboratório de Inovações do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí (OpalaLab/TJ-PI). 

“Com a gestão dos processos em um único sistema, será possível atuar com maior agilidade na prestação jurisdicional e elevar a produtividade da unidade beneficiada”, disse Vanessa Martins Cardoso, Chefe da Distribuição do 1° grau da comarca de Teresina

Após o cancelamento do acervo físico no Sistema Themis Web, os respectivos processos foram acondicionados em 212 caixas-arquivo, e os serventuários das Varas foram orientados sobre a manutenção dos autos em Secretaria até o trânsito em julgado da decisão de cada processo virtual, como recomenda o TJ-PI e a CGJ-PI.

“A migração do acervo processual visa à tramitação dos processos em um sistema único, o Pje, e esse é um trabalho fundamental para o ganho de celeridade no Judiciário piauiense. Os resultados positivos desse projeto já são visíveis nas unidades onde foi executado”, reforçou o corregedor-geral da Justiça, desembargador Fernando Lopes.

Da Redação
[email protected]