Cidadeverde.com

Polícia prende dois suspeitos de participação em triplo homicídio em Parnaíba

Dois homens foram presos na terça-feira (17) suspeitos de darem apoio ao autor do triplo homicídio que matou dois irmãos e um cunhado, no município de Parnaíba, a 337 km de Teresina. O executor ainda não foi localizado.  O crime teria ocorrido por uma briga entre membros de facções pelo comércio de drogas na cidade.

O assassinato de três membros de uma mesma família, ocorreu por volta das 3h30 de terça-feira em uma residência localizada no conjunto Joaz Sousa, no bairro São Vicente de Paula, onde estavam os irmãos, Francisco das Chagas Santos Aires, de 24 anos, e Lucas Santos Aires, de 22 anos, além da mãe deles, de identidade não revelada, e o cunhado Michael de Oliveira Lopes, de 27 anos.

Um homem invadiu a residência e fez os disparos. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito estava atrás de Lucas Santos, que seria membro de uma facção e um desafeto. As outras duas vítimas morreram porque tentaram evitar o crime.

Desde os assassinatos a polícia tem realizado diligências e conseguiu identificar o suspeito pelo disparo apenas como Mikael, mais conhecido como Kael. Também foram presos dois homens que deram apoio ao atirador para a realização dos assassinatos.

“Esses dois presos de ontem, além de terem mandado de prisão, participaram ativamente desse triplo homicídio, através de informações que obtivemos com uma testemunha ocular do fato. Identificamos o autor dos disparos, que é irmão de um dos presos e o motivo foi por questões locais de comércio de drogas e aconteceu isso. A Polícia Militar e a Civil está vigilante, para prender o principal suspeito que é o Kael”, destacou o comandante da PM em Parnaíba, tenente-coronel Erisvaldo Viana.

O comandante destacou que tem sido realizado um trabalho intenso no combate às facções. “O combate a essas facções é diário, haja vista que pegamos uma cidade onde a disputa por locais de drogas é frenética, e dessa forma a polícia militar trata disso como prioridade e todos esses homicídios tem ligação com o tráfico de drogas”, destacou.

Segundo a Polícia Militar, entre os presos está Yuri Marcel da Silva Viana, de 37 anos, natural do Ceará, que responde na Justiça por Tráfico de Drogas, Lesão Corporal Dolosa, Homicídio e Tentativa de Homicídio. Também foi detido Markson Coelho Pereira.

Até o momento, Parnaíba já registrou 39 homicídios e a cidade de Luís Correia foram 23 casos.

 

Bárbara Rodrigues e Darival Júnior 
[email protected]