Cidadeverde.com

Ex-ouvidor geral de Parnaíba é preso suspeito de cobrar R$ 5 mil para liberar box em mercado

Foto: Ascom Prefeitura de Parnaíba 

 

O ex-ouvidor geral do município de Parnaíba, Alan Pereira de Sousa, foi preso na manhã desta quarta-feira (29/06) em sua residência. Alan é suspeito de cobrar de R$ 1 mil a R$ 5 mil para expedir permissões e concessões a pessoas que queriam ter um box no Mercado Central de Parnaíba. 

O delegado Willams Pinheiro, titular da Delegacia Regional de Parnaíba, afirmou que a Polícia vinha investigando o ex-ouvidor há oito meses e que o inquérito está quase concluído com base nos levantamentos realizados pelos agentes daquela delegacia. 

“Hoje demos cumprimento ao mandado de prisão preventiva e busca e apreensão. Recebemos denúncias do Ministério Público e de pessoas particulares sobre essa conduta dele. Temos bastante provas contra ele, por isso a Justiça autorizou a prisão”, destacou o delegado Willams Pinheiro. 

Alan Pereira foi exonerado do cargo a cerca de dois meses. De acordo com o delegado, a exoneração foi um ato da Prefeitura de Parnaíba após tomar conhecimento de atos irregulares por meio de denúncias. 

“Ele usava do poder que tinha e recebia valores de pessoas no Mercado Central. A Prefeitura tomou providências e fez o procedimento administrativo contra ele. Hoje conseguimos realizar a busca e apreensão atrás de material para saber se há o envolvimento de outras pessoas nesse crime”, acrescentou o delegado. 

Alan é investigado por corrupção ativa, lavagem de dinheiro e advocacia administrativa. O ex-ouvidor foi preso e encaminhado à Central de Flagrantes de Parnaíba, onde passará pela audiência de custódia e ficará à disposição da Justiça. 


 

Nataniel Lima e Darival Júnior
[email protected]