Cidadeverde.com

Detentas ateiam fogo no próprio corpo e em colchões do presídio

Ampliada às 12h28

O Cidadeverde.com apurou que as detentas tiveram queimaduras de 2ª grau e uma delas, que estaria gestante, está sendo trazida para Teresina, pelo Samu Aéreo. O incêndio teria sido provocado por duas detentas dentro da cela, na ala feminina do Penitenciária Mista de Parnaíba. 

                            Fotos: Tiago Mendes/ Cidadeverde.com


Após o incidente todas foram levadas ao Hospital Estadual Dirceu Arcoverde e a gestante avaliada em estado grave deverá ser trazida para o HUT. O avião do Samu Aéreo já se encontra no aeroporto de Parnaíba. 



Postada às 10h16


Um foco de incêndio foi registrado dentro da ala feminina da Penitenciária Mista de Parnaíba. Por volta das 9h, desta terça-feira (08), duas detentas atearam fogo nos colchões na própria cela e tiveram que ser socorridas pelo Serviço Móvel de Urgência (Samu). 


Segundo Eduardo Ferreira, diretor do presídio, a dupla está em Parnaíba somente há três dias e teriam sido recambiadas de Picos, devido a problemas de comportamento. Além delas, mais três detentas estavam na cela.


"Elas atearam fogo no próprio corpo e nos colchões e rapidamente o fogo foi controlado. As duas foram transferidas para Parnaíba na última sexta-feira (04) devido a problemas no presídio de Picos", disse Ferreira. 

As detentas suspeitas de provocarem o incêndio tiveram queimaduras pelo corpo e uma outra foi levada ao hospital com problemas respiratórios. O fogo foi controlado pelos próprios agentes penitenciários com extintores de incêndio. 


"As detentas de outras celas alarmaram e os agentes apagaram o fogo rapidamente. As lesões não foram graves e, inclusive, elas saíram do presídio caminhando para serem medicadas no hospital", finaliza Eduardo Ferreira.


Graciane Sousa
Com informações Thiago Mendes