Cidadeverde.com

Suspeita de exploração sexual contra as filhas é encontrada morta em Parnaíba

A mulher identificada como Francisca das Chagas Carvalho, presa no último dia 31 sob suspeita de explorar sexualmente as duas filhas adolescentes, foi encontrada morta na noite deste sábado (1º). Os filhos encontraram o corpo da mãe e acionaram a polícia de Parnaíba, litoral do estado. A perícia criminal apontou suicídio. 

De acordo com o perito e diretor do núcleo de criminalística de Parnaíba, Frederico Augusto,  uma carta de despedida foi encontrada ao lado do corpo. A mulher morreu por enforcamento.

"A família relatou que ela já apresentava comportamento depressivo há algum tempo. Ela era usuária de drogas e deixou uma carta pedindo desculpas por qualquer mal que tenha causado", informou.

Francisca havia sido presa por homens do Rone depois que a polícia recebeu denúncias de que suas filhas estavam sendo exploradas sexualmente. De acordo com o tenente coronel Raimundo Sousa, comandante do Rone, a mulher negou o crime e foi ouvida pela delegada Vilma Alves.

Ele informou que no local encontrou as duas jovens em um quarto com vários homens maiores de idade, pedras de crack e objetos utilizados no consumo da droga. As jovens moravam com o pai e todos os dias, à noite, frequentavam a casa da mãe. 

 

Maria Romero
redacao@cidadeverde.com