Cidadeverde.com

Projeto realiza diagnóstico e monitoramento da pesca em portos

O Projeto Pesca Solidária, patrocinado pela Petrobras através do Programa Petrobras Socioambiental, executado pela Comissão Ilha Ativa (CIA), realiza o Diagnóstico e Monitoramento da Pesca nos principais portos de desembarque pesqueiro no estuário dos rios Timonha e Ubatuba.

 

O objetivo desse eixo de pesquisa é de caracterizar a pesca local e fornecer uma estimativa da produção pesqueira.

O monitoramento ocorre com a colaboração de pescadores dos dois municípios: Chaval (CE) e Cajueiro da Praia (PI), por meio do repasse de informações coletadas através de questionários. No total, quatro portos de desembarque são acompanhados pelos técnicos e coletores: porto do Mosquito (Chaval), porto da Lama, Itã e Cajueiro de Baixo (Cajueiro da Praia). As artes de pesca acompanhadas são: curral, rede de emalhe, linha, zangaria, espinhel e rabadela.

Ao retornarem do mar, os pescadores informam sobre o dia de pesca, petrechos utilizados, o ponto pesqueiro, além da produção em quilos dos principais pescados do dia; adicionalmente a equipe realiza a biometria dos peixes capturados.

“Nossa meta é identificar as principais espécies utilizadas comercialmente e para alimentação pelas comunidades e saber mais sobre elas do ponto de vista biológico, além da forma como elas se relacionam com os recursos do estuário, ou seja, quais os padrões de abundância ao longo do ano. Aliado a isso, desenvolvemos atividades de sensibilização e educação para alertar sobre as espécies ameaçadas de extinção e que são protegidas por lei”, informa a bióloga Francinalda Rocha.

Os dados coletados são capazes de fornecer importantes informações e poderá apresentar o atual potencial pesqueiro da região. Entretanto, a continuidade do monitoramento é de fundamental importância para subsidiar a gestão dos recursos.  Além disso, poderá ser comparado com outros dados históricos verificando inclusive os impactos sobre as espécies de peixes da região.

Para estreitar a relação de parceria junto aos pescadores, sensibilizando-os para a pesquisa realizada no estuário, também são realizados os Encontros de Pesca e Pesquisa. Estes acontecem mensalmente e a cada encontro reúnem um ou dois pesquisadores de outros estudos do projeto para repassar o andamento de suas pesquisas e ainda discutir diversas temáticas da pesca.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com