Cidadeverde.com

Suspeitos de assalto a casa de vereador e mais cinco são presos por roubo

Nove suspeitos de praticarem roubos na cidade de Parnaíba foram presos nesta terça-feira (15). Dos suspeitos, quatro agiam em grupo e vinham aterrorizando a cidade desde o início do mês. Entre as ações atribuídas a suposta quadrilha está a invasão à casa do vereador Carlson Pessoa, no início de março. 

Objetos apreendidos com o suposto grupo criminoso

"Eles agiam sempre com muita violência, agredindo adultos e até crianças. Ontem eles foram presos após assalto a residência de uma comerciante do ramo de joias. Na fuga, os suspeitos foram perseguidos pela PM, colidiram em um muro e acabaram sendo presos. Eles seriam os mesmos que fizeram a família do vereador de refém e praticaram um arrastão na casa", disse o titular da Central de Flagrantes de Parnaíba, João Rodrigo Luna. 

Os presos foram identificados como Edinardo Silva Sousa, Luís Gustavo Reis, Dinael de Sousa Silva e Benerval de Sousa Silva. 

O delegado ressalta também que o quarteto apresentou nomes falsos e após levantamento descobriu-se que dois eram foragidos da Colônia Agrícola Penal Major César, em José de Freitas, e dois da Penitenciária Regional Luiz Gonzaga Rebelo, em Esperantina.

Delegado João Rodrigo Luna

"Eles eram foragidos, tinham mandados de prisão em aberto e são investigados em oito inquéritos. Pelos crimes praticados, recentemente, devem responder por associação criminosa e roubo qualificado. Agora, o caso será repassado para o 1º e 2º DPs de Parnaíba", reitera o titular da Central de Flagrantes de Parnaíba.

Os demais presos ontem não integram a suposta quadrilha, mas também são investigados por roubo. 

"Também foram levados para a Central de Flagrantes, três adolescentes, inclusive uma menina de 15 anos. Em seguida, dois jovens de 19 anos autuados por roubo qualificado. Todos são suspeitos de praticarem assaltos usando facas. Essas prisões representam um alívio para a sociedade que estava assustada com tantos roubos nos últimos dias", reitera João Rodrigo Luna. 


Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com