Cidadeverde.com

Vigia da Eletrobras-PI atira em mulher, após ela pular portão para agredi-lo

Uma mulher, identificada apenas como “Jaqueline”, invadiu a sede da Eletrobras Piauí, localizada na Avenida São Sebastião, no município de Parnaíba, e foi alvejada com um tiro de revólver calibre 38 no pé.  De acordo com a Polícia Militar, a vítima tinha um relacionamento com o vigia do órgão, conhecido apenas como “Raimundo”, e não aceita o fim da relação. Frequentemente, ela visita o ex-companheiro no local de trabalho.

Segundo a PM, na noite de sábado (9), Jaqueline voltou a procurar o ex-companheiro na sede da Eletrobrás e, não satisfeita com o fim da conversa, decidiu pular o portão do órgão para agredi-lo.  Ainda de acordo com a polícia, o vigia teria atirado no pé da ex-companheira após uma tentativa de agressão.  

“Nós fomos acionados por volta das 21h30. A informação inicial é de que uma mulher tinha invadido a Eletrobrás e o viga deu um tiro no pé dela. Chegando no local, observamos que ele tinha um relacionamento com ela há anos, que ela sempre o visitava no trabalho, e ela tinha ido até lá para saber o motivo pelo qual ele não a procurava mais. Eles conversaram, ele entrou para dentro da sede, fechou o portão, e ela pulou para agredir ele; foi quando ele atirou. Depois do tiro, ela  continuou muito agitada e ficava falando palavras de baixo calão”, explicou o cabo da PM, Leucilio de Araújo. 

A vítima foi socorrida pelo Serviço Móvel de Urgência e levada para o hospital do município. O Vigia prestou esclarecimentos sobre a agressão à polícia. 


Carlienne Carpaso
carliene@cidadeverde.com