Cidadeverde.com

Policlínica de Parnaíba funcionará a partir do mês de outubro

O secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, reuniu-se, nesta quinta-feira (17), com o coordenador do curso de Medicina da Universidade Federal do Piauí (UFPI) de Parnaíba, Ivo Pedrosa, para definir as especialidades médicas que serão ofertadas pela Policlínica em Parnaíba. A estrutura prestará consultas especializadas e exames de imagem e laboratorial por meio de parceria entre as instituições.

Num primeiro momento, a policlínica atenderá a população da Planície Litorânea nas especialidades endocrinologia, cardiologia, neurologia, otorrinolaringologia e oncologia. A previsão é que até outubro as primeiras consultas já sejam realizadas.

Florentino explica que a implantação da policlínica integra um conjunto de ações para o atendimento especializado, como plano de descentralização de serviços em alta complexidade. “A policlínica vai servir para o atendimento à população, ao usuário do SUS, em várias especialidades médicas, e servirá também como campo de estágio para o curso de medicina da UFPI”, destaca o gestor.

O secretário ressalta a importância da abertura da policlínica, reforçando o município de Parnaíba como polo de saúde e “a integração cada vez maior dos nossos serviços de saúde na cidade de Parnaíba, integrando os serviços da futura policlínica, com os serviços prestados do Heda, e a UFPI, por meio do curso de Medicina e outros cursos da área da saúde”. Atualmente, o curso de Medicina tem 160 estudantes no campi de Parnaíba.

A policlínica funcionará onde atualmente funciona o curso de Medicina, cedido pela UFPI, que também disponibilizará os médicos especialistas, a Saúde entra com aporte financeiro para a readequação da estrutura e aquisição de equipamentos. O secretário se comprometeu em reunir-se com a Fundação de Amparo à Pesquisa (Fapepi) para definir incentivos aos professores e alunos que atuarão na policlínica.

Ivo Pedrosa diz que “é um ganho para população da região norte do Piauí, que vai ter à sua disposição uma policlínica bem aparelhada, moderna e com profissionais competentes, além do enriquecimento acadêmico dos nossos alunos”.

Além da unidade de Parnaíba, que deve ser implantada em até seis meses, a Secretaria de Estado da Saúde conta com uma unidade em Picos, em pleno funcionamento, e outra em fase de implantação em Floriano.

Fonte: Ccom