Cidadeverde.com

Prefeito Mão Santa se posiciona sobre episódio em escola

O prefeito de Parnaíba, Francisco Moraes Sousa, o Mão Santa (PTC), se posicionou a respeito do episódio ocorrido na última sexta-feira(18) na Escola Municipal Francisca Borges, em que teria supostamente chamado os professores de "ladrões e vagabundos". Em nota de esclarecimento, o gestor a exoneração da diretora e nega que tenha xingado os servidores.  

“Sou educado. O que eu disse é que estão roubando a educação, roubando o futuro das crianças pobres, com a suspensão das aulas”, disse o prefeito, ao constatar que os alunos haviam sido dispensados às 8h30 para uma ação beneficente.

Ele destacou que “nada justifica a dispensa dos alunos fora do horário e quer que cada pai de aluno seja um fiscal da prefeitura para evitar esse tipo de problema, que tira do pobre a única oportunidade que tem de ser doutor, que é tendo uma escola pública de qualidade”.

Sobre a ação beneficente, Mão Santa afirma que a Secretaria do Desenvolvimento Social e Cidadania (Sedesc), gerida pela primeira-dama Adalgisa Moraes Sousa, deveria ter sido acionada para evitar esse constrangimento.  


Da redação
redacao@cidadeverde.com