Cidadeverde.com

Viúva de coordenador de presídio diz que perdeu homem da sua vida

 

Durante o velório do coordenador de Disciplina da Penitenciária Mista de Parnaíba, José Silvino da Silva, os familiares afirmaram que ficaram em estado de choque com a morte do familiar e pedem justiça.  Muito emocionada, viúva do agente penitenciário, Marileide de Sousa, disse que “perdeu o homem da sua vida”. 

“Eu perdi o homem da minha vida. É isso que tenho para dizer. Foi o único homem que amei e o único que vou levar para a vida”, lamentou Marileide. 

José Silvino da Silva foi assassinado a tiros na noite dessa quarta-feira (23). A vítima, que também era empresário, estava fechando seu estabelecimento comercial quando dois homens em uma motocicleta atiraram contra ele. A Polícia Militar e a direção do presídio tratam o caso como execução. 

“A gente deseja que seja feita muita justiça. Além de tirar a vida de um trabalhador, tiraram a vida de um pai de família”, disse a filha de José Silvino, Denise Silvino. 

O presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Piauí (Sinpoljuspi), José Roberto, também participou do velório do agente José Silvino. Ele defende que a suposta ordem de execução do coordenador partiu do presídio de Parnaíba.

“As instigações não foram concluídas, mas acreditamos que a ordem partiu de dentro do presídio. Infelizmente o Estado, dentro da sua omissão, não nos dá condições para desenvolvermos nosso trabalho”, criticou o sindicalista. 

José Silvino trabalhava na Penitenciária Mista de Parnaíba há 27 anos e era coordenador de Disciplina e do setor do Almoxarifado do presídio. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios. Até agora nenhum suspeito foi preso. 


Izabella Pimentel com informações da TV Cidade Verde
redacao@cidadeverde.com