Cidadeverde.com

Presos fogem da Central de Flagrantes de Parnaíba durante o feriado

Na manhã desta quinta-feira (31/05) seis presos fugiram da Central de Flagrantes em Parnaíba. Os presos serraram duas barras de ferro na janela do banheiro de uma das celas e escaparam pela parte de trás do prédio após pular o muro apoiados em um poste. 

Na cela haviam 9 presos, onde 3 preferiram ficar. Dentre os fugitivos da Central de Flagrantes está Ermerson de Oliveira Silva, que já era fugitivo da Penitenciária Mista Juiz Fontes acusado de furto. Ele foi recapturado já na manhã desta sexta-feira. A polícia irá investigar para saber como os instrumentos usados para serrar as grades entraram na delegacia.

Durante a madrugada desta sexta-feira, a Polícia Militar recapturou também outro fugitivo, identificado como Antonio Filipe Pereira Silva (vulgo Puxa) preso por homicídio.

A perícia técnica constatou que os presos limaram as grades durante algumas semanas e conseguiram fugir pelo espaço. A Central de Flagrantes de Parnaíba, por meio de nota, afirmou que a estrutura é adequada, porém não é o local para a custódia de presos e que estes apenas aguardavam abertura de vagas no sistema prisional do estado. A polícia segue em diligências para tentar capturar os outros fugitivos (segue lista com os nomes).

1) Ermesson Oliveira de Oliveira Silva (Homicídio Tentado e Furto Qualificado) (recapturado)
2)Edvanio Ferreira Baia, o Azul de Camocim (Homicídio)
3)Jardson André Lima Tomaz (Furto)
4)Antonio Filipe Pereira Silva, o Puxa (Homicídio) (recapturado)
5)José Carlos dos Santos Veras (Roubo)
6)Ricardo Wallisson da Silva Rodrigues (Foragido da Major Cesar)

Confira abaixo a nota da Secretaria de Segurança sobre o caso:

A Central de Flagrantes de Parnaíba informa que prendeu dois, dos seis presos que fugiram da carceragem por volta das 6h desta quinta-feira (31). A perícia técnica constatou que as barras de ferro foram limadas durante algumas semanas, forçando a quebra e a consequente fuga. Ressalta ainda que a estrutura é adequada. Informa ainda que a CF não é o local para custódia de presos, mas que ali estavam aguardando abertura de vaga no sistema prisional. Equipes estão em campo para recapturar os fugitivos.

 

Rodrigo Antunes (Especial para o Cidadeverde.com)
redacao@cidadeverde.com